Your browser doesn't support javascript.
loading
Enxertos ósseos autógenos intrabucais em implantodontia: estudo retrospectivo / Intraoral autogenous bone grafts in implantology: a retrospective study
Alves, Raoni Terramar Casado; Silva, Lucas André Dantas e; Figueiredo, Mariana Lima de; Dias-Ribeiro, Eduardo; Silva, José Sandro Pereira da; Germano, Adriano Rocha.
Afiliação
  • Alves, Raoni Terramar Casado; UFRN. Natal. BR
  • Silva, Lucas André Dantas e; UFRN. Natal. BR
  • Figueiredo, Mariana Lima de; UFRN. Natal. BR
  • Dias-Ribeiro, Eduardo; UFRN. Natal. BR
  • Silva, José Sandro Pereira da; UFRN. Natal. BR
  • Germano, Adriano Rocha; UFRN. Natal. BR
Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac ; 14(4): 9-16, Out.-Dez. 2014. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-792355
Biblioteca responsável: BR97.1
RESUMO
Após as extrações dentárias, o osso alveolar sofre um processo fisiológico de reabsorção que, muitas vezes, dificulta a instalação de implantes osseointegrados, porém procedimentos reconstrutivos visam viabilizar a instalação correta dos implantes. O objetivo deste estudo foi avaliar os enxertos ósseos autógenos removidos de áreas intrabucais e sua eficácia em relação à osseointegração na área enxertada. Tratou-se de um estudo observacional descritivo retrospectivo, baseado nos dados coletados nos prontuários. Dos sítios doadores avaliados, 54,17% eram do ramo da mandíbula e 43,75% da região mentoniana. Observouse que, dos 98 implantes instalados, 97,96% obtiveram sucesso e ainda permaneciam em função. Com relação ao objetivo do enxerto, 56,25% foram destinados ao tipo Inlay, enquanto 43,75% foram do tipo Onlay. Complicações pós-operatórias foram observadas em 22,91% dos casos, sendo a parestesia a mais frequente, 95% dos pacientes relataram estar satisfeitos com a reabilitação sobre implantes e 97,50% se sujeitariam a um novo procedimento cirúrgico envolvendo reconstrução óssea se necessário. O estudo mostrou um elevado índice de sucesso dos implantes em áreas enxertadas, caracterizando essas reconstruções como um fator de baixo risco para osseointegração.
ABSTRACT
Alveolar bone undergoes a physiological resorption process after tooth extraction, creating difficulties for the insertion of dental implants, but reconstructive procedures enable the correct installation of implants. This study aims to evaluate autogenous bone grafts harvested from intraoral donor sites in order to assess their effectiveness in relation to implant osseointegration. This was a retrospective observational descriptive study based on data collected from medical records. The donor sites evaluated were the mandibular ramus (54.17%) and the chin region (43.75%). It was observed that of 98 implants inserted, 97.96% were successful and continued to function. Inlay grafts were used in 56.25% of cases and onlay ones in 43.75%. Postoperative complications were observed in 22.91% of cases, the most frequent of which was paresthesia. Ninety-five percent of patients reported they were satisfied with their rehabilitation over implants and 97.50% would be willing to undergo a similar surgical procedure involving bone reconstruction if necessary. The study showed a high success rate of implants in the graft areas, thereby characterizing such reconstructions as a low-risk factor for osseointegration.
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac Assunto da revista: Odontologia Ano de publicação: 2014 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: UFRN/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac Assunto da revista: Odontologia Ano de publicação: 2014 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: UFRN/BR
...