Your browser doesn't support javascript.
loading
Influência da saúde bucal sobre a qualidade de vida de adolescentes escolares / Oral health influence on the quality of life of school adolescents
Paredes, Suyene de Oliveira; Júnior, Oristácio de Sousa Leal; Paredes, Alcyone de Oliveira; Fernandes, Jocianelle Maria Felix de Alencar; Menezes, Valdenice Aparecida.
Afiliação
  • Paredes, Suyene de Oliveira; Faculdades Integradas de Patos. Patos. BR
  • Júnior, Oristácio de Sousa Leal; Faculdades Integradas de Patos. Patos. BR
  • Paredes, Alcyone de Oliveira; Universidade Federal do Maranhão. São Luís. BR
  • Fernandes, Jocianelle Maria Felix de Alencar; Universidade Federal da Paraíba. João Pessoa. BR
  • Menezes, Valdenice Aparecida; Universidade de Pernambuco. Camaragibe. BR
Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) ; 28(2): ­-­, jan-mar.2015.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-794437
Biblioteca responsável: BR6.1
RESUMO
Investigar o impacto da saúde bucal em relação à qualidade de vida deadolescentes escolares, associando-o às condições sociodemográficas.

Métodos:

Estudo decampo transversal e quantitativo desenvolvido em 2012, no município de Sumé-PB, com 184adolescentes na faixa etária de 15 a 19 anos. Para avaliar o impacto, aplicou-se o questionárioOral Health Impact Profile (OHIP-14) aos participantes, enquanto para a obtenção dosdados referentes às condições sociodemográficas, os pais ou responsáveis responderama um segundo questionário. Utilizou-se o teste Qui-quadrado para associar o impacto dasaúde bucal sobre a qualidade de vida e as variáveis sociodemográficas pesquisadas, sendoconsiderados significativos com p<0,05.

Resultados:

Em geral, o impacto foi consideradofraco em 167 pesquisados (90,8%). “Dor física” foi a dimensão na qualidade de vida maisafetada pelas questões bucais entre aquelas que resultaram em impacto médio (22,8%; n=42).Apenas as variáveis “Situação do imóvel” e “Acomodação” associaram-se ao impacto geral(p<0,05). Os reduzidos percentuais de impacto geral forte (1,1%; n=2) relacionaram-se aosadolescentes cujas mães só estudaram até o ensino fundamental, ou às famílias que vivemcom um salário mínimo ou menos (1,1%).

Conclusão:

Observou-se que as condições desaúde bucal apresentaram um impacto negativo fraco na qualidade de vida dos adolescentesinvestigados. As análises das condições sociodemográficas dos indivíduos relacionadasao impacto geral da qualidade de vida relacionada à saúde oral associaram-se as variáveis“Situação do imóvel” e “Acomodação”...
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Qualidade de Vida / Saúde Bucal / Adolescente Limite: Adolescente Idioma: Português Revista: Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) Assunto da revista: Saúde Pública Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Faculdades Integradas de Patos/BR / Universidade Federal da Paraíba/BR / Universidade Federal do Maranhão/BR / Universidade de Pernambuco/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Qualidade de Vida / Saúde Bucal / Adolescente Limite: Adolescente Idioma: Português Revista: Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) Assunto da revista: Saúde Pública Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Faculdades Integradas de Patos/BR / Universidade Federal da Paraíba/BR / Universidade Federal do Maranhão/BR / Universidade de Pernambuco/BR
...