Your browser doesn't support javascript.
loading
Age and regional differences in clinical presentation and risk of hospitalization for dengue in Brazil, 2000-2014
Burattini, Marcelo N; Lopez, Luis F; Coutinho, Francisco AB; Siqueira-Jr, João B; Homsani, Sheila; Sarti, Elsa; Massad, Eduardo.
Afiliação
  • Burattini, Marcelo N; Universidade de São Paulo. Divisão de Informática Médica. São Paulo. BR
  • Lopez, Luis F; Universidade de São Paulo. Divisão de Informática Médica. São Paulo. BR
  • Coutinho, Francisco AB; Universidade de São Paulo. Divisão de Informática Médica. São Paulo. BR
  • Siqueira-Jr, João B; Universidade de São Paulo. Divisão de Informática Médica. São Paulo. BR
  • Homsani, Sheila; Universidade de São Paulo. Divisão de Informática Médica. São Paulo. BR
  • Sarti, Elsa; Universidade de São Paulo. Divisão de Informática Médica. São Paulo. BR
  • Massad, Eduardo; Universidade de São Paulo. Divisão de Informática Médica. São Paulo. BR
Clinics ; 71(8): 455-463, Aug. 2016. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-794632
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT

OBJECTIVES:

Dengue cases range from asymptomatic to severe, eventually leading to hospitalization and death. Timely and appropriate management is critical to reduce morbidity. Since 1980, dengue has spread throughout Brazil, affecting an increasing number of individuals. This paper describes age and regional differences in dengue’s clinical presentation and associated risk of hospitalization based on more than 5 million cases reported to the Brazilian Ministry of Health from 2000-2014.

METHODS:

We performed a retrospective analysis of ∼5,450,000 dengue cases, relating clinical manifestations and the risk of hospitalization to age, gender, previous infection by dengue, dengue virus serotype, years of formal education, delay to first attendance and the occurrence of dengue during outbreaks and in different Brazilian regions.

RESULTS:

Complicated forms of dengue occurred more frequently among those younger than 10 years (3.12% vs 1.92%) and those with dengue virus 2 infection (7.65% vs 2.42%), with a delay to first attendance >2 days (3.18% vs 0.82%) and with ≤4 years of formal education (2.02% vs 1.46%). The risk of hospitalization was higher among those aged 6-10 years old (OR 4.57; 95% CI 1.43-29.96) and those who were infected by dengue virus 2 (OR 6.36; 95% CI 2.52-16.06), who lived in the Northeast region (OR 1.38; 95% CI 1.11-2.10) and who delayed first attendance by >5 days (composite OR 3.15; 95% CI 1.33-8.9).

CONCLUSIONS:

In Brazil, the occurrence of severe dengue and related hospitalization is associated with being younger than 10 years old, being infected by dengue virus 2 or 3, living in the Northeast region (the poorest and the second most populated) and delaying first attendance for more than 2 days.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas / ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Objetivo 1: Acesso equitativo aos serviços de saúde / Meta 3.8 Atingir a cobertura universal de saúde / Meta 3.3: Acabar com as doenças tropicais negligenciadas e combater as doenças transmissíveis / Meta 3.2: Reduzir as mortes de recém nascidos e crianças com menos de 5 anos Base de dados: LILACS Assunto principal: Dengue / Hospitalização Limite: Adolescente / Adulto / Idoso / Criança / Criança, pré-escolar / Feminino / Humanos / Lactente / Masculino País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Inglês Revista: Clinics Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo / Documento de projeto País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas / ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Objetivo 1: Acesso equitativo aos serviços de saúde / Meta 3.8 Atingir a cobertura universal de saúde / Meta 3.3: Acabar com as doenças tropicais negligenciadas e combater as doenças transmissíveis / Meta 3.2: Reduzir as mortes de recém nascidos e crianças com menos de 5 anos Base de dados: LILACS Assunto principal: Dengue / Hospitalização Limite: Adolescente / Adulto / Idoso / Criança / Criança, pré-escolar / Feminino / Humanos / Lactente / Masculino País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Inglês Revista: Clinics Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo / Documento de projeto País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/BR
...