Your browser doesn't support javascript.
loading
Radial-probe EBUS for the diagnosis of peripheral pulmonary lesions / Ecobroncoscopia radial para o diagnóstico de lesões pulmonares periféricas
Jacomelli, Marcia; Demarzo, Sergio Eduardo; Cardoso, Paulo Francisco Guerreiro; Palomino, Addy Lidvina Mejia; Figueiredo, Viviane Rossi.
Afiliação
  • Jacomelli, Marcia; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Hospital das Clínicas. São Paulo. BR
  • Demarzo, Sergio Eduardo; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Hospital das Clínicas. São Paulo. BR
  • Cardoso, Paulo Francisco Guerreiro; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Hospital das Clínicas. São Paulo. BR
  • Palomino, Addy Lidvina Mejia; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Hospital das Clínicas. São Paulo. BR
  • Figueiredo, Viviane Rossi; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Hospital das Clínicas. São Paulo. BR
J. bras. pneumol ; 42(4): 248-253, July-Aug. 2016. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-794712
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT
ABSTRACT

Objective:

Conventional bronchoscopy has a low diagnostic yield for peripheral pulmonary lesions. Radial-probe EBUS employs a rotating ultrasound transducer at the end of a probe that is passed through the working channel of the bronchoscope. Radial-probe EBUS facilitates the localization of peripheral pulmonary nodules, thus increasing the diagnostic yield. The objective of this study was to present our initial experience using radial-probe EBUS in the diagnosis of peripheral pulmonary lesions at a tertiary hospital.

Methods:

We conducted a retrospective analysis of 54 patients who underwent radial-probe EBUS-guided bronchoscopy for the investigation of pulmonary nodules or masses between February of 2012 and September of 2013. Radial-probe EBUS was performed with a flexible 20-MHz probe, which was passed through the working channel of the bronchoscope and advanced through the bronchus to the target lesion. For localization of the lesion and for collection procedures (bronchial brushing, transbronchial needle aspiration, and transbronchial biopsy), we used fluoroscopy.

Results:

Radial-probe EBUS identified 39 nodules (mean diameter, 1.9 ± 0.7 cm) and 19 masses (mean diameter, 4.1 ± 0.9 cm). The overall sensitivity of the method was 66.7% (79.5% and 25.0%, respectively, for lesions that were visible and not visible by radial-probe EBUS). Among the lesions that were visible by radial-probe EBUS, the sensitivity was 91.7% for masses and 74.1% for nodules. The complications were pneumothorax (in 3.7%) and bronchial bleeding, which was controlled bronchoscopically (in 9.3%).

Conclusions:

Radial-probe EBUS shows a good safety profile, a low complication rate, and high sensitivity for the diagnosis of peripheral pulmonary lesions.
RESUMO
RESUMO

Objetivo:

A broncoscopia convencional possui baixo rendimento diagnóstico para lesões pulmonares periféricas. A ecobroncoscopia radial (EBUS radial) emprega um transdutor ultrassonográfico rotatório na extremidade de uma sonda que é inserida no canal de trabalho do broncoscópio. O EBUS radial facilita a localização de nódulos pulmonares periféricos, aumentando assim o rendimento diagnóstico. O objetivo deste estudo foi apresentar nossa experiência inicial com o uso de EBUS radial para o diagnóstico de lesões pulmonares periféricas em um hospital terciário.

Métodos:

Foi realizada uma análise retrospectiva de 54 pacientes submetidos à broncoscopia guiada por EBUS radial para a investigação de nódulos ou massas pulmonares entre fevereiro de 2012 e setembro de 2013. O EBUS radial foi realizado com uma sonda flexível de 20 MHz, que foi inserida no canal de trabalho do broncoscópio até chegar à lesão-alvo. A fluoroscopia foi usada para localizar a lesão e realizar procedimentos de coleta (escovado brônquico, aspiração transbrônquica com agulha e biópsia transbrônquica).

Resultados:

O EBUS radial identificou 39 nódulos (média de diâmetro 1,9 ± 0,7 cm) e 19 massas (média de diâmetro 4,1 ± 0,9 cm). A sensibilidade global do EBUS radial foi de 66,7% (79,5% para as lesões visíveis pelo método e 25% para as lesões não visíveis pelo método). Nas lesões visíveis pelo método, a sensibilidade foi de 91,7% para massas e de 74,1% para nódulos. As complicações foram pneumotórax (3,7%) e sangramento brônquico controlado broncoscopicamente (9,3%).

Conclusões:

O EBUS radial apresenta bom perfil de segurança, baixo índice de complicações e alta sensibilidade para o diagnóstico de lesões pulmonares periféricas.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Broncoscopia / Endossonografia / Neoplasias Pulmonares Tipo de estudo: Estudo de prevalência Limite: Adulto / Idoso / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Inglês Revista: J. bras. pneumol Assunto da revista: Pneumologia Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Broncoscopia / Endossonografia / Neoplasias Pulmonares Tipo de estudo: Estudo de prevalência Limite: Adulto / Idoso / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Inglês Revista: J. bras. pneumol Assunto da revista: Pneumologia Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/BR
...