Your browser doesn't support javascript.
loading
Female principals in education: breaking the glass ceiling in Spain / Directoras en educación: rompiendo el techo de cristal en España / Diretoras em educação: quebrando o teto de vidro na Espanha
Gutierrez, Enrique Javier Diez.
Afiliação
  • Gutierrez, Enrique Javier Diez; Universidad de León. León. ES
Paidéia (Ribeiräo Preto) ; 26(65): 343-350, Sept.-Dec. 2016.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-794753
Biblioteca responsável: BR26.1
ABSTRACT
Spanish schools are characterised by having a high proportion of female staff. However, statistics show that a proportionately higher number of men hold leadership positions. The aim of this study was to analyse the reasons why this is so, and to determine the motivations and barriers that women encounter in attaining and exercising these positions of greater responsibility and power. Questionnaires were administered to 2,022 female teachers, 430 female principals and 322 male principals. In addition, semi-structured interviews were held with 60 female principals, 14 focus group discussions were held with female principals and 16 autobiographical narratives were compiled with female principals and school inspectors. The reasons identified were related to structural aspects linked to the patriarchal worldview that is still dominant in our society and culture. Nevertheless, we also found motivations among women for attaining and exercising leadership roles.
RESUMO
As organizações escolares espanholas são caraterizadas pela grande proporção de mulheres que nelas trabalham. Porém, os dados estatísticos demonstram que, proporcionalmente, o número de homens em cargos de direção é superior. O objetivo deste estudo foi o de analisar as razões que explicam este fenômeno as motivações e barreiras que as mulheres encontram para ascender e exercer estes cargos de maior responsabilidade e poder através da aplicação de questionários a 2.022 professores, 430 diretores e 322 conselheiros, além da realização de entrevistas com 60 diretores, coordenação de 14 grupos de discussões com diretores e condução de 16 entrevistas autobiográficas com diretores e inspetores de ensino. Os motivos identificados relacionam-se com factores estruturais associados a cosmovisões patriarcais, ainda dominantes na nossa sociedade e cultura. Porém, também foi possível verificar motivações entre as mulheres para ascenderem ao exercício destes cargos diretivos.
RESUMEN
Las organizaciones escolares españolas se caracterizan por el alto índice de mujeres que trabajan en ellas. Sin embargo, los datos estadísticos demuestran que el número de hombres es superior en proporción en puestos de dirección. El estudio de las razones por las cuales ocurre esto es el principal objetivo de este artículo las motivaciones y obstáculos que encuentran las mujeres para acceder a estos cargos de mayor responsabilidad y poder y ejercerlos, mediante la aplicación de cuestionarios a 2.022 profesoras, 430 directoras y 322 directores, así como 60 entrevistas semiestructuradas a directoras, 14 grupos de discusión con directoras y 16 autobiografías de directoras e inspectoras de educación. Las causas identificadas tienen que ver con aspectos estructurales, ligados a una cosmovisión patriarcal aún dominante en nuestra sociedad y cultura. Pero también se han hallado motivaciones para el acceso y desempeño del cargo directivo para las mujeres.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Discriminação Social / Liderança Limite: Feminino / Humanos Idioma: Inglês Revista: Paidéia (Ribeiräo Preto) Assunto da revista: Educação / Psicologia Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Espanha Instituição/País de afiliação: Universidad de León/ES

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Discriminação Social / Liderança Limite: Feminino / Humanos Idioma: Inglês Revista: Paidéia (Ribeiräo Preto) Assunto da revista: Educação / Psicologia Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Espanha Instituição/País de afiliação: Universidad de León/ES
...