Your browser doesn't support javascript.
loading
Analyzing the concept of disruptive behavior in healthcare work: an integrative review* / Análisis del concepto comportamiento destructivo en el trabajo sanitario: revisión integrativa / Análise do conceito comportamento destrutivo no trabalho em saúde: revisão integrativa
Oliveira, Roberta Meneses; Silva, Lucilane Maria Sales da; Guedes, Maria Vilani Cavalcante; Oliveira, Adriana Catarina de Souza; Sánchez, Rosario Gómez; Torres, Raimundo Augusto Martins.
Afiliação
  • Oliveira, Roberta Meneses; Universidade Estadual do Ceará. Fortaleza. BR
  • Silva, Lucilane Maria Sales da; Universidade Estadual do Ceará. Fortaleza. BR
  • Guedes, Maria Vilani Cavalcante; Universidade Estadual do Ceará. Fortaleza. BR
  • Oliveira, Adriana Catarina de Souza; Universidade Estadual do Ceará. Fortaleza. BR
  • Sánchez, Rosario Gómez; Universidade Estadual do Ceará. Fortaleza. BR
  • Torres, Raimundo Augusto Martins; Universidade Estadual do Ceará. Fortaleza. BR
Rev. Esc. Enferm. USP ; 50(4): 695-704, July-Aug. 2016. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-794935
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT
Abstract OBJECTIVE To analyze the concept of disruptive behavior in healthcare work. METHOD An integrative review carried out in the theoretical phase of a qualitative research substantiated by the theoretical framework of the Hybrid Model of Concept Development. The search for articles was conducted in the CINAHL, LILACS, PsycINFO, PubMed and SciVerse Scopus databases in 2013. RESULTS 70 scientific articles answered the guiding question and lead to attributes of disruptive behavior, being incivility, psychological violence and physical/sexual violence; with their main antecedents (intrapersonal, interpersonal and organizational) being personality characteristics, stress and work overload; and consequences of workers' moral/mental distress, compromised patient safety, labor loss, and disruption of communication, collaboration and teamwork. CONCLUSION Analysis of the disruptive behavior concept in healthcare work showed a construct in its theoretical stage that encompasses different disrespectful conduct adopted by health workers in the hospital context, which deserve the attention of leadership for better recognition and proper handling of cases and their consequences.
RESUMEN
Resumen OBJETIVO Analizar el concepto comportamiento destructivo en el trabajo sanitario. MÉTODO Revisión integrativa realizada en la fase teórica de investigación cualitativa fundamentada por el marco de referencia teórico-metodológico del Modelo Híbrido de Análisis de Conceptos. La búsqueda de artículos fue realizada en las bases de datos CINAHL, LILACS, PsycINFO, PubMed y SciVerse Scopus, en 2013. RESULTADOS 70 artículos científicos respondieron a la cuestión orientadora y atendieron los criterios de inclusión, permitiendo evidenciar los atributos del comportamiento destructivo incivilidad, violencia psicológica y violencia física/sexual; sus principales antecedentes (intrapersonales, interpersonales y organizativos) características de personalidad, estrés y sobrecarga laboral; y consecuentes sufrimiento moral/psíquico de los trabajadores, compromiso de la seguridad del paciente, perjuicios laborales, rompimiento de la comunicación, la colaboración y el trabajo en equipo. CONCLUSIÓN El análisis del concepto comportamiento destructivo en el trabajo en salud evidenció, en su fase teórica, un constructo que abarca diferentes conductas que presentan la falta de respeto adoptadas por trabajadores de salud en el marco hospitalario, mereciendo atención de liderazgos del área para mayor reconocimiento y manejo adecuado de los casos y sus consecuencias.
RESUMO
Resumo OBJETIVO Analisar o conceito comportamento destrutivo no trabalho em saúde. MÉTODO Revisão integrativa realizada na fase teórica de pesquisa qualitativa fundamentada pelo referencial teórico-metodológico do Modelo Híbrido de Análise de Conceitos. A busca dos artigos foi realizada nas bases de dados CINAHL, LILACS, PsycINFO, PubMed e SciVerse Scopus, em 2013. RESULTADOS 70 artigos científicos responderam à questão norteadora e atenderam aos critérios de inclusão, permitindo evidenciar os atributos do comportamento destrutivo incivilidade, violência psicológica e violência física/sexual; seus principais antecedentes (intrapessoais, interpessoais e organizacionais) características de personalidade, estresse e sobrecarga de trabalho; e consequentes sofrimento moral/psíquico dos trabalhadores, comprometimento da segurança do paciente, prejuízos laborais, rompimento da comunicação, da colaboração e do trabalho em equipe. CONCLUSÃO A análise do conceito comportamento destrutivo no trabalho em saúde evidenciou, em sua fase teórica, um constructo que abrange diferentes condutas desrespeitosas adotadas por trabalhadores de saúde no contexto hospitalar, merecendo atenção de lideranças da área para maior reconhecimento e manejo adequado dos casos e suas consequências.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Assistência à Saúde / Comportamento Problema Limite: Humanos Idioma: Inglês Revista: Rev. Esc. Enferm. USP Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual do Ceará/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Assistência à Saúde / Comportamento Problema Limite: Humanos Idioma: Inglês Revista: Rev. Esc. Enferm. USP Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual do Ceará/BR
...