Your browser doesn't support javascript.
loading
Lack of association between genetic polymorphism of FTO, AKT1 and AKTIP in childhood overweight and obesity / Falta de associação entre o polimorfismo genético do FTO, AKT1 e AKTIP e o sobrepeso e a obesidade infantis
Pereira, Patrícia de Araújo; Alvim-Soares Júnior, António Marcos; Sandrim, Valéria Cristina; Lanna, Carla Márcia Moreira; Souza-Costa, Débora Cristine; Belo, Vanessa de Almeida; Paula, Jonas Jardim de; Tanus-Santos, José Eduardo; Romano-Silva, Marco Aurélio; Miranda, Débora Marques de.
Afiliação
  • Pereira, Patrícia de Araújo; Universidade Federal de Minas Gerais. INCT de Medicina Molecular. Belo Horizonte. BR
  • Alvim-Soares Júnior, António Marcos; Universidade Federal de Minas Gerais. INCT de Medicina Molecular. Belo Horizonte. BR
  • Sandrim, Valéria Cristina; Universidade Federal de Minas Gerais. INCT de Medicina Molecular. Belo Horizonte. BR
  • Lanna, Carla Márcia Moreira; Universidade Federal de Minas Gerais. INCT de Medicina Molecular. Belo Horizonte. BR
  • Souza-Costa, Débora Cristine; Universidade Federal de Minas Gerais. INCT de Medicina Molecular. Belo Horizonte. BR
  • Belo, Vanessa de Almeida; Universidade Federal de Minas Gerais. INCT de Medicina Molecular. Belo Horizonte. BR
  • Paula, Jonas Jardim de; Universidade Federal de Minas Gerais. INCT de Medicina Molecular. Belo Horizonte. BR
  • Tanus-Santos, José Eduardo; Universidade Federal de Minas Gerais. INCT de Medicina Molecular. Belo Horizonte. BR
  • Romano-Silva, Marco Aurélio; Universidade Federal de Minas Gerais. INCT de Medicina Molecular. Belo Horizonte. BR
  • Miranda, Débora Marques de; Universidade Federal de Minas Gerais. INCT de Medicina Molecular. Belo Horizonte. BR
J. pediatr. (Rio J.) ; 92(5): 521-527, Sept.-Oct. 2016. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-796111
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT
Abstract

Objective:

Obesity is a chronic disease caused by both environmental and genetic factors. Epidemiological studies have documented that increased energy intake and sedentary lifestyle, as well as a genetic contribution, are forces behind the obesity epidemic. Knowledge about the interaction between genetic and environmental components can facilitate the choice of the most effective and specific measures for the prevention of obesity. The aim of this study was to assess the association between the FTO, AKT1, and AKTIP genes and childhood obesity and insulin resistance.

Methods:

This was a case-control study in which SNPs in the FTO (rs99396096), AKT1, and AKTIP genes were genotyped in groups of controls and obese/overweight children. The study included 195 obese/overweight children and 153 control subjects.

Results:

As expected, the obese/overweight group subjects had higher body mass index, higher fasting glucose, HOMA-IR index, total cholesterol, low-density lipoprotein, and triglycerides. However, no significant differences were observed in genes polymorphisms genotype or allele frequencies.

Conclusion:

The present results suggest that AKT1, FTO, and AKTIP polymorphisms were not associated with obesity/overweight in Brazilians children. Future studies on the genetics of obesity in Brazilian children and their environment interactions are needed.
RESUMO
Resumo Objetivo A obesidade é uma doença crônica sustentada por fatores ambientais e genéticos. Estudos epidemiológicos documentaram que maior ingestão de energia e um estilo de vida sedentário, bem como a contribuição genética, são forças por trás da epidemia de obesidade. O conhecimento sobre a interação entre os componentes genéticos e ambientais pode facilitar a escolha das medidas mais efetivas e específicas para a prevenção da obesidade. O objetivo deste estudo foi avaliar a relação entre os genes associado à massa de gordura e à obesidade (FTO), homólogo 1 do oncogene viral v-akt de timoma murino (AKT1) e de ligação AKT1 (AKTIP) e a obesidade infantil e a resistência à insulina. Métodos Estudo de caso-controle no qual os polimorfismos de nucleotídeo simples (SNPs) nos genes FTO (rs99396096), AKT1 e AKTIP foram genotipados em grupos de controle e de crianças obesas/acima do peso. Foram recrutadas 195 crianças obesas/acima do peso e 153 indivíduos controle. Resultados Como esperado, os indivíduos do grupo obeso/acima do peso apresentaram maior índice de massa corporal, maior glicemia de jejum, índice do modelo de avaliação de homeostase (HOMA-IR), colesterol total, lipoproteína de baixa densidade e triglicerídeos. Contudo, não encontramos diferenças significativas no genótipo de polimorfismos gênicos ou nas frequências alélicas. Conclusão Nossos resultados sugerem que os polimorfismos AKT1, FTO e AKTIP não estavam associados à obesidade/sobrepeso em crianças brasileiras. São necessários estudos futuros sobre a genética da obesidade em crianças brasileiras e suas interações ambientais.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.2: Reduzir as mortes de recém nascidos e crianças com menos de 5 anos Base de dados: LILACS Assunto principal: Proteínas Adaptadoras de Transdução de Sinal / Sobrepeso / Proteínas Reguladoras de Apoptose / Obesidade Pediátrica / Dioxigenase FTO Dependente de alfa-Cetoglutarato Limite: Adolescente / Criança / Feminino / Humanos / Masculino País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Inglês Revista: J. pediatr. (Rio J.) Assunto da revista: Pediatria Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Minas Gerais/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.2: Reduzir as mortes de recém nascidos e crianças com menos de 5 anos Base de dados: LILACS Assunto principal: Proteínas Adaptadoras de Transdução de Sinal / Sobrepeso / Proteínas Reguladoras de Apoptose / Obesidade Pediátrica / Dioxigenase FTO Dependente de alfa-Cetoglutarato Limite: Adolescente / Criança / Feminino / Humanos / Masculino País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Inglês Revista: J. pediatr. (Rio J.) Assunto da revista: Pediatria Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Minas Gerais/BR
...