Your browser doesn't support javascript.
loading
Influence of classic massage on cardiac autonomic modulation / Influência da massagem clássica sobre a modulação autonômica cardíaca
Paschoal, Mário Augusto.
Afiliação
  • Paschoal, Mário Augusto; Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Campinas. BR
Fisioter. mov ; 29(3): 487-496, July-Sept. 2016. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-796219
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT
Abstract

Introduction:

Massage can be defined as the rhythmic and smooth manipulation of body tissues, with the aim to promote health and well-being.

Objective:

To assess the influence of classic massage on cardiac autonomic modulation.

Methods:

Cross-sectional study that evaluated healthy participants, with mean age between 18 and 25 years, divided into two groups test group (TG, n=11) and control group (CG, n=10). The TG had their heartbeat recorded for 5min before receiving a classic massage for 40min and during three periods after this procedure 0-5min, 5-10min and 10-15min. The CG had their heartbeats recorded at the same time; without receive massage. Cardiac autonomic modulation was investigated by heart rate variability (HRV).

Results:

The mean values of HRV rates were pNN50, respectively, for the TG before massage (10.5 ± 9.5%), and after massage 0-5min (11.6 ± 7.2%), 5-10min (12.1 ± 8.0%) and 10-15min (11.1 ± 7.9%), with no significant statistical difference. The same result was found for the mean values of rMSSD index of the TG; before massage 52.1 ± 46.2 ms, and after massage 0-5min (50.0 ± 21.6ms), 5-10min (52.0 ± 27.4 ms) and 10-15min (48.2 ± 21.1 ms). Also, the values of LFnuand HFnu indexes did not change significantly before and after massage, and they were not statistically different from the values presented by the control group.

Conclusion:

The study results suggest that one session of classic massage does not modify cardiac autonomic modulation in healthy young adults.
RESUMO
Resumo

Introdução:

A massagem pode ser definida como a manipulação dos tecidos corporais feita de forma rítmica e suave com a intenção de promover a saúde e o bem estar.

Objetivo:

Avaliar a influência da massagem clássica sobre a modulação autonômica cardíaca.

Métodos:

Estudo transversal que avaliou voluntárias saudáveis com idades entre 18 e 25 anos divididas em dois grupos grupo testado (GT, n=11) e grupo controle (GC, n=10). As do GT tiveram seus batimentos cardíacos registrados por 5min antes de uma sessão de massagem clássica recebida por 40min e durante três momentos após a mesma 0-5min, 5-10min e 10-15min. As do GC tiveram registrados seus batimentos cardíacos nos mesmos momentos, porém não receberam a massagem. A modulação autonômica cardíaca foi investigada por meio da variabilidade da frequência cardíaca (VFC).

Resultados:

Os valores médios de índices da VFC, foram pNN50, respectivamente, para o GT pré-massagem (10,5±9,5%), e após a massagem 0-5min (11,6±7,2%), 5-10min (12,1±8,0%) e 10-15min (11,1±7,9%), sem diferença estatística entre eles. O mesmo aconteceu com relação ao índice rMSSD do GT, sendo pré-massagem 52,1±46,2ms, e pós-massagem 0-5min (50,0±21,6ms), 5-10min (52,0±27,4ms) e 10-15min (48,2±21,1ms). Os valores de BFune AFunpré-massagem e pós-massagem também não se modificaram, e também não se diferiram significativamente dos valores apresentados pelo GC.

Conclusão:

O estudo sugere que não há modificação da modulação autonômica cardíaca em jovens saudáveis após uma sessão de massagem clássica.

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Tipo de estudo: Estudo de prevalência Idioma: Inglês Revista: Fisioter. mov Assunto da revista: MEDICINA FISICA E REABILITACAO Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Pontifícia Universidade Católica de Campinas/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Tipo de estudo: Estudo de prevalência Idioma: Inglês Revista: Fisioter. mov Assunto da revista: MEDICINA FISICA E REABILITACAO Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Pontifícia Universidade Católica de Campinas/BR
...