Your browser doesn't support javascript.
loading
Transtornos Alimentares, Imagem Corporal e Estado Nutricional em Universitárias de Petrolina-PE / Eating Disorders, Body Image and Nutritional Status in Female Students from a Public University in Petrolina, PE, Brazil
Bento, Karine Maria; Andrade, Karen Natacha Dantas Silva de; Silva, Emerson Iago Garcia e; Mendes, Marianne Louise Marinho; Omena, Cristhiane Maria Bazílio de; Carvalho, Paulo Gustavo Serafim de; Schwingel, Paulo Adrian.
Afiliação
  • Bento, Karine Maria; s.af
  • Andrade, Karen Natacha Dantas Silva de; s.af
  • Silva, Emerson Iago Garcia e; s.af
  • Mendes, Marianne Louise Marinho; Universidade de Pernambuco. Departamento de Nutrição. Petrolina, PE. BR
  • Omena, Cristhiane Maria Bazílio de; Universidade de Pernambuco. Departamento de Nutrição. Petrolina, PE. BR
  • Carvalho, Paulo Gustavo Serafim de; Universidade Federal do Vale do São Francisco. Departamento de Engenharia Agrícola e Ambiental. Juazeiro, BA. BR
  • Schwingel, Paulo Adrian; Universidade de Pernambuco. Departamento de Nutrição. Petrolina, PE. BR
Rev. bras. ciênc. saúde ; 20(3): 197-202, 2016. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-796713
Biblioteca responsável: BR8.1
RESUMO
Os transtornos alimentares afetam principalmenteadultas jovens, sendo a Anorexia e a Bulimia Nervosa asduas formas principais. Os padrões de beleza impostos pelamídia e o medo de engordar faz com que cada vez maispessoas busquem controlar o peso, através de dietasmilagrosas e altamente restritivas, exercícios físicosexagerados, drogas anorexígenas, laxantes e diuréticos, nabusca excessiva pelo corpo desejado.

Objetivo:

O objetivodeste estudo foi verificar o comportamento de risco paratranstornos alimentares, estado nutricional e percepção daimagem corporal em estudantes do sexo feminino dos cursosde saúde da Universidade de Pernambuco (UPE), CampusPetrolina. Material e

Métodos:

Estudo transversal, onde foramaplicados questionários autopreenchíveis, Body ShapeQuestionnaire (BSQ) para avaliar percepção da imagemcorporal, Eating Attitudes Test (EAT-26) com finalidade deidentificar indivíduos com padrões alimentares anormais eescala de silhuetas onde as estudantes marcaram a qualmais se assemelhavam. Houve também aferição das medidasantropométricas nas 174 universitárias. Aos dados obtidosfoi aplicada estatística descritiva, com análise de variância eteste de significância.

Resultados:

As voluntárias tinhamidade compreendida, entre 18 a 26 anos, das quais 45,40%cursavam enfermagem, 37,36% fisioterapia e 17,24%nutrição. Destas 69,54% estavam eutróficas, 8,7%apresentavam leve insatisfação corporal, bem como, 21,8%corriam risco de desenvolver algum transtorno alimentar.

Conclusão:

Conclui-se que houve universitárias com risco adesenvolver transtornos alimentares assim como comdistorção da imagem corporal, apesar da maior parteapresentar-se eutróficas quanto ao estado nutricional...
ABSTRACT
Eating disorders affect mainly young femaleadults, with anorexia and bulimia as the two major conditions.The standards of beauty imposed by the media and theobsessive fear of gaining weight have led an increasingnumber of people to seek weight control through miraculousand restrictive diets, exaggerated exercise practice,anorexigenic drugs, laxatives and diuretics, in the excessivepursuit of a desired body.

Objective:

To investigate the riskbehavior for eating disorders, nutritional status and bodyimage perception in female health students from the Universityof Pernambuco (UPE), Petrolina Campus. Material and

Methods:

This was a cross-sectional study using selfadministeredquestionnaires – Body Shape Questionnaire(BSQ) to evaluate the perception of body image; EatingAttitudes Test (EAT-26) to identify subjects with abnormaleating patterns and a scale of silhouettes for students toindicate which one they resembled the most. Anthropometricmeasurements were also investigated. The data wereanalyzed descriptively and by analysis of variance andsignificance test.

Results:

The population consisted of 174students aged 18 to 26 years, of which 45.40% were nursingstudents, 37.36% physiotherapy and 17.24% nutritionstudents. We observed that 69.54% of all students wereeutrophic, 8.7% had mild body dissatisfaction and 21.8%were at risk for developing eating disorders.

Conclusion:

Some university students were found to be at risk fordeveloping eating disorders as well as had distorted bodyimage, although the majority of students was eutrophic basedon their nutritional status...
Assuntos


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Anorexia / Bulimia / Antropometria Tipo de estudo: Estudo de avaliação / Guia de prática clínica / Estudo de prevalência Limite: Adolescente / Feminino / Humanos País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. bras. ciênc. saúde Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Vale do São Francisco/BR / Universidade de Pernambuco/BR

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Anorexia / Bulimia / Antropometria Tipo de estudo: Estudo de avaliação / Guia de prática clínica / Estudo de prevalência Limite: Adolescente / Feminino / Humanos País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. bras. ciênc. saúde Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Vale do São Francisco/BR / Universidade de Pernambuco/BR
...