Your browser doesn't support javascript.
loading
OS LUGARES DA INFÂNCIA NA FAVELA: DA BRINCADEIRA À PARTICIPAÇÃO / LOS LUGARES DE LA INFANCIA EN LA FAVELA: DEL JUEGO A LA PARTICIPACIÓN / CHILDHOOD PLACES IN THE 'FAVELA': FROM PLAYING TO PARTICIPATION
Pérez, Beatriz Corsino; Jardim, Marina Dantas.
Afiliação
  • Pérez, Beatriz Corsino; Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. BR
  • Jardim, Marina Dantas; Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. BR
Psicol. soc. (online) ; 27(3): 494-504, set.-dez. 2015.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos | ID: psi-64627
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO
ResumoBuscando compreender como as crianças se apropriam dos espaços, identificando-se e agindo neles, foram realizadas oficinas com 35 crianças, de 5 a 10 anos, moradoras da Babilônia, uma favela do Rio de Janeiro. Diferentemente das crianças que possuem uma experiência mais restrita aos espaços privados, meninos e meninas dessa favela circulavam e brincavam fora de casa, com seus pares, em espaços comuns. Com isso, eles passavam a conhecer o lugar onde moram; os seus aspectos positivos, assim como os seus problemas. As crianças criticaram os transtornos gerados pelas obras do programa Morar Carioca, a má preservação dos espaços públicos, o lixo, a precariedade das moradias, entre outros. Através da ação e brincadeira, elas transformavam espaços em lugares de afeto, o que proporcionava um olhar complexo para a sua realidade e criava novos caminhos para a participação social.(AU)
RESUMEN
ResumenCon el fin de entender cómo los niños se apropian de los espacios, se identifican y actúan sobre ellos, se realizaron actividades con 35 niños, 5-10 años viviendo en Babilonia, una favela en Río de Janeiro. A diferencia de los niños que tienen una experiencia más limitada a espacios privados, niños y niñas de esta favela circulan y juegan al aire libre con sus compañeros en los espacios públicos. Con esto, llegan a conocer el lugar en el que viven; sus aspectos positivos, así como sus problemas. Los niños criticaron los trastornos generados por las obras de Morar Carioca, la mala conservación de los espacios públicos, la basura, la precariedad de la vivienda, entre otros. A través de la acción y el juego, transforman los espacios en lugares afectivos, que proporcionaron una mirada compleja en su realidad y crean nuevas vías para la participación social.(AU)
ABSTRACT
AbstractSeeking to understand how children appropriate spaces, identify themselves and act within them, workshops were conducted with 35 children from 5 to 10 years old, living in Babilônia, a favela in Rio de Janeiro. Unlike children whose experience is more restricted to private spaces, the children of this favela were walking and playing with their peers on the streets, occupying common spaces. In doing so, they were exposed to the problems of the place they live in. They criticized disturbances caused by the construction works of the Morar Carioca program, the poor maintenance of public spaces, the garbage, as well as the residences precariousness. Through action and playing, the children transformed these spaces into places they care about, which made for a complex look at their reality, enabling them for social participation.(AU)
Assuntos


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados nacionais / Brasil Base de dados: Index Psicologia - Periódicos Assunto principal: Comportamento Espacial / Territorialidade / Áreas de Pobreza / Criança / Participação Social Idioma: Português Revista: Psicol. soc. (online) Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo / Documento de projeto Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Rio de Janeiro/BR

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados nacionais / Brasil Base de dados: Index Psicologia - Periódicos Assunto principal: Comportamento Espacial / Territorialidade / Áreas de Pobreza / Criança / Participação Social Idioma: Português Revista: Psicol. soc. (online) Ano de publicação: 2015 Tipo de documento: Artigo / Documento de projeto Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Rio de Janeiro/BR
...