Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Medicamentos e sua relação com o desenvolvimento de lesão por pressão em idosos hospitalizados / Medicines and its relation to the development of pressure injury in hospitalized-elderly people / Medicamentos y su relación con la presión de desarrollo de lesiones en ancianos hospitalizados

Lopes, Thaynara Ferreira; Fernandes, Bruna Karen Cavalcante; Alexandre, Solange Gurgel; Farias, Fernanda Silva; Day, Thayná Cândido; Freitas, Maria Célia de.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online); 12: 221-225, jan.-dez. 2020. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, BDENF - enfermagem (Brasil) | ID: biblio-1048046
Objetivo: identificar os tipos de medicamentos mais utilizados por idosos hospitalizados e relacioná-los com o risco de desenvolvimento de lesão por pressão. Método: estudo descritivo e documental, realizado em um hospital de referência em traumas de Fortaleza, Ceará. A amostra constituiu-se por 48 prontuários e a coleta de dados ocorreu no período de agosto de 2015 a fevereiro de 2016. Resultados: ocorreu a análise dos 48 prontuários de pacientes idosos acamados que se encontravam internados na Unidade de Terapia Intensiva e enfermaria. A média de idade desses idosos foi de 75 anos com presença de 54,2% do sexo masculino e 45,8% do sexo feminino. Desse total, os fármacos que mais apareceram e tem relação com o desenvolvimento da lesão são: os anti-hipertensivos, analgésicos, diuréticos, drogas vasoativas e antibiótico. Conclusão: os tipos de medicamentos mais utilizados nos idosos deste estudo estavam diretamente relacionados às alterações no sistema circulatório do idoso