Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Factors associated with frailty syndrome in the rural elderly / Factores asociados al síndrome de fragilidad en ancianos rurales / Fatores associados à síndrome da fragilidade em idosos rurais

Llano, Patrícia Mirapalheta Pereira de; Lange, Celmira; Sequeira, Carlos Alberto da Cruz; Jardim, Vanda Maria da Rosa; Castro, Denise Somavila Przylynski; Santos, Fernanda.
Rev. bras. enferm; 72(supl.2): 14-21, 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1057672
RESUMO Objetivo: determinar a prevalência e os fatores associados à síndrome da fragilidade em idosos (SFI) da população rural de Pelotas. Método: estudo quantitativo, analítico e transversal realizado com 820 idosos cadastrados na Estratégia Saúde da Família (ESF) na zona rural do município de Pelotas, no período de julho a outubro de 2014. Resultados: entre os avaliados, 43,41% apresentaram SFI. Consolidaram-se como fatores associados à condição a baixa renda (RP: 1,54, p ≤ 0.001), a baixa escolaridade (RP: 1,45, p ≤ 0.001), o estado nutricional (obesidade) (RP: 1,89, p ≤ 0,001), a inatividade física (RP: 1,93, p = 0.003), a apresentação de déficit cognitivo (RP: 2,07, p = 0.005) e a autopercepção de saúde baixa (RP: 8,21, p ≤ 0,001). Conclusão: os achados podem contribuir efetivamente para o estabelecimento de medidas de prevenção e rastreamento da fragilidade entre as pessoas idosas por parte dos profissionais de saúde, principalmente dos enfermeiros, visando evitar a ocorrência da síndrome e dos desfechos adversos e indesejáveis.