Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Effects of musical improvisation as a cognitive and motor intervention for the elderly / Efeitos da improvisação musical como intervenção cognitiva e motora para idosos

SANTOS, Marcelo Rabello dos; KRUG, Monique Siebra; BRANDÃO, Michel Rasche; LEON, Victória Silva de; MARTINOTTO, Júlia Cenci; FONSECA, Júlia Delgado da; BRASIL, Alissa Costa; MACHADO, Andréa Guedes; OLIVEIRA, Alcyr Alves de.
Estud. Psicol. (Campinas, Online); 38: e190132, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Index Psi (psicologia) | ID: biblio-1133870
A música tem sido discutida como fator promotor da saúde do idoso. Em um estudo randomizado, uma intervenção baseada em exercícios de percussão e improvisação foi comparada a uma atividade de canto coral. O objetivo foi investigar os efeitos sobre o funcionamento executivo e motor de idosos saudáveis. Um conjunto de instrumentos de avaliação psicológica e motora foi aplicado antes e depois da intervenção. Foram encontradas diferenças no desempenho do grupo de improvisação no Teste de Desenho do Relógio sugerindo possíveis ganhos executivos. Houve ganhos independentes de grupo na parte A do Teste de Trilhas, que avalia a atenção sustentada. Não foram verificadas evidências de efeitos motores. Os resultados indicam que atividades musicais podem contribuir na prevenção do declínio cognitivo decorrente do envelhecimento.