Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

PrevaleÌ‚ncia de siÌfilis em mulheres do sistema prisional de uma capital do nordeste brasileiro / Syphilis prevalence among women in the prison system of a northeastern Brazilian capital

Araújo, Telma Maria Evangelista de; Araujo Filho, Augusto Cezar Antunes de; Feitosa, Karla Vivianne Araújo.
Rev. eletrônica enferm; 17(4): 1-11, 20151131. tab
Artigo em Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, BDENF - enfermagem (Brasil) | ID: biblio-832628
Esta pesquisa objetivou investigar a prevaleÌ‚ncia de siÌfilis e fatores associados em internas na penitenciaÌria feminina de Teresina-PI, Brasil. Estudo de corte transversal, realizado em novembro de 2013. A população foi constituiÌda pelas internas da referida penitenciaÌria (n=131). Os dados foram coletados por meio de um formulaÌrio contendo questões fechadas e mistas. A meÌdia de idade foi 33,1 anos, 60,3% afirmaram não manter relacionamento estaÌvel e 93,1% possuiÌam filhos. O consumo de aÌlcool foi referido por 70,8%, e o uso de drogas iliÌcitas por 56,2%. Evidenciou-se que 38,5% das mulheres nunca utilizam camisinha nas relações sexuais e que 62,2% não sabem como se daÌ a transmissão da siÌfilis. A alta prevaleÌ‚ncia da siÌfilis, 25,2%, estaÌ estatisticamente associada aÌ€ situação conjugal, uso de drogas iliÌcitas e consumo antes das relações sexuais, demonstrando que condições socioeconoÌ‚micas desfavoraÌveis são importantes marcadores de risco e de vulnerabilidade para as DST.