Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Pessoas idosas com o vírus da imunodeficiência humana: infecção, diagnóstico e convivência / Elderly with human immunodeficiency virus: infection, diagnosis and living with the disease / Adultos mayores con el virus de la inmonodeficiencia humana: infección, diagnótico y convivencia

Araldi, Luciano Medeiros; Pelzer, Marlene Teda; Gautério-Abreu, Daiane Porto; Saioron, Isabela; Santos, Silvana Sidney Costa; Ilha, Silomar.
REME rev. min. enferm; 20: [1-8], 2016.
Artigo em Inglês, Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde | ID: biblio-835257
O estudo teve como objetivo conhecer como pessoas idosas com o vírus da imunodeficiência humana (HIV) se infectaram, descobriramo diagnóstico e passaram a conviver com o HIV. Pesquisa qualitativa exploratório-descritiva realizada entre novembro e dezembro de 2012entrevistou nove pessoas idosas soropositivas atendidas em uma unidade de referência de um hospital universitário do sul do Brasil. Os dadosforam submetidos à análise de conteúdo, resultando em seis categorias: (des)conhecimento sobre o HIV/AIDS antes do contágio; infecção peloHIV; descoberta do diagnóstico; reação da pessoa idosa diante do diagnóstico; soropositividade e o cotidiano da pessoa idosa; vida sexual eprevenção após a descoberta da infecção por HIV. Pode-se concluir que as pessoas idosas possuíam conhecimento restrito em relação ao HIVantes de descobrirem que eram soropositivas, demonstrando a importância da realização de ações educativas com vistas à prevenção.