Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Factors Associated with Infant Mortality in a Northeastern Brazilian Capital / Fatores associados à mortalidade infantil em uma capital do Nordeste brasileiro

Santos, Sheila Lima Diógenes; Santos, Luciano Brito; Campelo, Viriato; Silva, Ana Roberta Vilarouca da.
Rev. bras. ginecol. obstet; 38(10): 482-491, Oct. 2016. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde | ID: biblio-843866
Resumo Objetivo Identificar os fatores associados à mortalidade infantil por modelo hierárquico segundo determinantes socioeconômicos, assistenciais, obstétricos e biológicos em uma capital do Nordeste brasileiro. Métodos Estudo observacional, de coorte retrospectiva, com base em dados secundários de nascimentos e óbitos de crianças menores de um ano, de mães residentes no município de Teresina (PI). Resultados Para o nível distal de determinação da mortalidade infantil, as características que se mantiveram estatisticamente significativas foram idade materna, escolaridade materna e ocupação materna, com p< 0,001. No intermediário, todas as variáveis apresentaram significância estatística, com destaque para o tipo de gravidez e de parto, com p< 0,001. O sexo do bebê representou a característica do nível proximal que não obteve associação significativa com o desfecho, enquanto as demais variáveis desse nível estavam associadas, com p< 0,001. Conclusões Além da determinação da mortalidade infantil pelos fatores biológicos, destacou-se a importância da condição socioeconômica e da assistência à saúde materno-infantil.