Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Adequação da investigação dos óbitos infantis no Recife, Pernambuco, Brasil / Evaluation of the adequacy of information from research on infant mortality in Recife, Pernambuco, Brazil

Oliveira, Conceição Maria de; Guimarães, Maria José Bezerra; Bonfim, Cristine Vieira do; Frias, Paulo Germano; Antonino, Verônica Cristina Sposito; Guimarães, Aline Luzia Sampaio; Medeiros, Zulma Maria.
Ciênc. Saúde Colet; 23(3): 701-714, Mar. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde | ID: biblio-890563
Resumo Avaliou-se a adequação da investigação do óbito infantil no Recife-PE, Brasil. Estudo transversal com 120 variáveis da ficha de investigação, agrupadas em seis dimensões (pré-natal; parto e nascimento; puericultura; características da família; ocorrência do óbito; e conclusão e recomendações), ponderadas pela técnica de consenso e analisadas quanto ao preenchimento. A investigação foi classificada (adequada, parcialmente adequada e inadequada) segundo um indicador composto de avaliação (ICA). Houve dissenso em 11 variáveis (9, na dimensão pré-natal; 1, no parto e nascimento; 1, na conclusões e recomendações). Dos 568 óbitos estudados, 56,2% apresentam investigação adequada. A ocorrência do óbito foi a dimensão melhor avaliada, e pré-natal, a mais deficiente. A elaboração do ICA possibilita aos profissionais e gestores das políticas de saúde da criança, identificar os pontos de estrangulamento da investigação dos óbitos infantis para um melhor direcionamento das ações e contribui com a reflexão sobre esta vigilância em outros municípios e estados.