Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Grupo de convivência para idosos na atenção primária à saúde: contribuições para o envelhecimento ativo / Conviviality groups for elderly people in primary health care: contributions to active aging / Grupo de convivencia para ancianos en la atención primaria a la salud: contribuciones para el envejecimiento activo

Previato, Giselle Fernanda; Nogueira, Iara Sescon; Mincoff, Raquel Cristina Luís; Jaques, André Estevam; Carreira, Lígia; Baldissera, Vanessa Denardi Antoniassi.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online); 11(1): 173-180, jan.-mar. 2019.
Artigo em Inglês, Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, BDENF - enfermagem (Brasil) | ID: biblio-968599
Objetivo: Analisar as contribuições do grupo de convivência de idosos para o envelhecimento ativo na perspectiva de seus participantes.Método:Estudo qualitativo, exploratório-descritivo, realizado com 14 idosos participantes de um grupo de convivência de uma Unidade Básica de Saúde. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semi estruturadas, submetidas à análise de conteúdo de Bardin e analisadas à luz da Política de Envelhecimento Ativo. Resultados: Emergiram três categorias temáticas:"Grupo de convivência como oportunidade de lazer socializante para idosos"; "Grupo de Convivência como espaço de aprendizagem para os idosos"; "A importância do Grupo de Convivência no processo de promoção da saúde e envelhecimento ativo dos idosos".Conclusão: A percepção dos idosos frente a participação no grupo de convivência remeteu a momentos de lazer, socialização, aprendizado e melhora da saúde física e mental, contribuindo para ampliar a qualidade de vida enquanto envelhecimento ativo