Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Pós-alta de hanseníase: prevalência de incapacidades físicas e sobreposição de doenças / Post-alta de lepra: prevalencia de discapacidades físicas y superposición de enfermedades / Post-discharge of subjects with leprosy: prevalence of physical disabilities and overlapping of other diseases

Araújo, Érica Juliana Benício; Araújo, Olívia Dias de; Araújo, Telma Maria Evangelista de; Almeida, Priscilla Dantas; Sena, Inara Viviane de Oliveira; Neri, Érica de Alencar Rodrigues.
Cogitare enferm; 23(4): e58080, 2018. tab
Artigo em Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, BDENF - enfermagem (Brasil) | ID: biblio-984293
RESUMO: Objetivo: caracterizar a prevalência de incapacidades físicas em indivíduos acometidos por hanseníase no pós-alta e sua relação com as doenças crônicas. Método: a população da pesquisa foi de 603 casos novos de hanseníase notificados entre 2001 e 2014 em municípios endêmicos no Piauí. Os dados foram coletados mediante aplicação de questionários e avaliação neurológica simplificada. Análises estatísticas foram realizadas por distribuição de frequência, testes Qui-quadrado de Pearson e Exato de Fisher. Resultados: observou-se a prevalência de incapacidade física de 70,43%, e associação significativa com a forma clínica multibacilar, sexo masculino, idade avançada e baixa escolaridade (p<0,01). Conclusão: a sobreposição de doenças não se comportou como um fator de risco, mas constatou-se frequência importante de pessoas. Registra-se a necessidade de planejamento de ações de saúde mais adequadas à população, fortalecendo a longitudinalidade do cuidado frente às condições crônicas.