Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Efeito das infecções parasitárias e da anemia materna sobre o peso ao nascer de crianças no município de Viçosa, MG / Effect of parasitic infection and maternal anemia on the birth weight of children in Viçosa, MG

Einloft, Ariadne Barbosa do Nascimento; Vítor, Carolina Ferrão Huibers; Sant'Ana, Luciana Ferreira da Rocha; Priore, Silvia Eloiza; Franceschini, Sylvia do Carmo Castro.
Rev. méd. Minas Gerais; 20(3)jul.-set. 2010. tab
Artigo em Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde | ID: lil-564336
Objetivos: verificar o impacto das infecções parasitárias e da anemia materna sobre o peso de crianças ao nascer, no município de Viçosa, MG. Métodos: estudo transversal realizado a partir do levantamento dos prontuários de gestantes que realizaram o acompanhamento pré-natal pelo Sistema Único de Saúde e que possuíam pelo menos um registro de exame parasitológico e hematológico durante sua rotina de consultas. Resultados: entre as 246 mulheres estudadas, 24,67% estavam parasitadas (88,89% monoparasitadas). Os protozoários predominaram sobre os helmintos e a espécie de parasito mais frequente foi a Entamoeba coli. A média de hemoglobina foi 11,5 g/dL e a prevalência de anemia (Hb <11 g/dL), 28,86%. Não foram observadas associações positivas entre parasitismo materno e baixo peso ao nascimento (p=0,806) e anemia materna e baixo peso ao nascer (p = 0,0647). Conclusões: este estudo evidenciou que a presença de enteroparasitoses ou anemia materna não influenciou negativamente o peso do neonato ao nascimento. Entretanto, revelou prevalência muito elevada de mães parasitadas e anêmicas, fator passível de intervenção num prazo relativamente curto, o que pode trazer resultados positivos para a saúde materna e infantil.