Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Filariose Bancroftiana: análise espacial das desigualdades sociais no Município de Jaboatão dos Guararapes / Bancroftian filariasis: spatial analysis of social inequalities in the municipality of Jaboatão dos Guararapes

Bonfim, Cristine Vieira do.
Recife; s.n; 2009. 130 p. ilus, ^c30 cm.
Tese em Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde | ID: lil-575928
A filariose linfática é uma das principais doenças tropicais negligenciadas. Trata-se de uma doença intimamente associada à pobreza, ao saneamento inadequado e ao subdesenvolvimento. No Brasil, sua transmissão está limitada à Região Metropolitana do Recife, estado de Pernambuco. A disponibilidade de novas estratégias de controle fez com que a filariose fosse considerada como uma doença infecciosa potencialmente erradicável. O objetivo desta tese é analisar a relação entre a prevalência da filariose bancroftiana e os determinantes socioambientais em espaços intra-urbanos no município de Jaboatão dos Guararapes - PE, Brasil. Para tanto, foi realizada, inicialmente, uma revisão bibliográfica sobre a categoria espaço, ressaltando as implicações da organização social do espaço para a saúde da população e de sua aplicação no cotidiano dos serviços de saúde. Essa compreensão de espaço irá embasar as demais análises feitas no trabalho. No estudo ecológico, utilizaram-se variáveis socioeconômicas e ambientais obtidas do Censo Demográfico 2000 e de um inquérito parasitológico realizado para avaliar a situação epidemiológica da filariose naquele município. Foram construídos indicadores de condição de vida, formulados por dois métodos: formação de escores (indicador de risco socioambiental) e análise fatorial por componentes principais (indicador de carência social). Para identificar os aglomerados espaciais de casos de microfilaremia, foi empregado o estimador de intensidade Kernel. Os resultados do inquérito parasitológico caracterizam a endemicidade da filariose no município, com o encontro de casos em todas as faixas etárias, especialmente entre os mais jovens; manifestações clínicas e taxas de prevalência consideradas altas. Os indicadores confirmaram a associação entre condições sociais e ambientais precárias e elevadas taxas de prevalência de infecção filarial. O uso da análise espacial (estimador de intensidade Kernel) permitiu localizar com precisão...