Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Avaliação da completitude das variáveis da declaração de óbitos de menores de um ano residentes em Pernambuco, 1997-2005 / Completeness variable evaluation from death certificate of children less than one year in Pernambuco State, 1997-2005

Costa, Juliana Martins Barbosa da Silva; Frias, Paulo Germano de.
Ciênc. saúde coletiva; 16(supl.1): 1267-1274, 2011. tab
Artigo em Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde | ID: lil-582561
Com o objetivo de avaliar a completitude das variáveis da declaração de óbito de menores de um ano residentes em Pernambuco, foi realizado um estudo avaliativo, descritivo de série temporal. A população do estudo foi composta pelo total de óbitos de menores de um ano residentes em Pernambuco, no período de 1997 a 2005, contidos na base de dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade, disponibilizados pelo departamento de informática do SUS (DATASUS). Foi calculada a incompletude (branco/ignorado) de cada variável segundo município de residência. Com base nesses dados, foi calculado o percentual de municípios com preenchimento excelente (>95 por cento) e o qui-quadrado de tendência (p>95 por cento). Observou-se um comportamento diferenciado no preenchimento das variáveis da declaração de óbito. Enquanto as variáveis sexo, idade, raça/cor, local de ocorrência, tipo de parto e semanas de gestação apresentaram um incremento no percentual de municípios com preenchimento excelente, as variáveis óbito confirmado por necropsia, realização de cirurgia, exame complementar e assistência médica apresentaram um decréscimo. Ressalta-se a necessidade da adoção de medidas educativas e um maior controle no preenchimento da declaração de óbito.