Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Social and biological determinants of iron deficiency anemia / Determinação social e biológica da anemia ferropriva

Cotta, Rosângela Minardi Mitre; Fabiana de Cássia Carvalho Oliveira; Magalhães, Kelly Alves; Ribeiro, Andréia Queiroz; Sant'Ana, Luciana Ferreira da Rocha; Priore, Silvia Eloíza; Franceschini, Sylvia do Carmo Castro.
Cad. saúde pública; 27(supl.2): s309-s320, 2011. ilus, graf, tab
Artigo em Inglês | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde | ID: lil-593882
Neste estudo transversal, objetivou-se conhecer a determinação social e biológica da anemia em crianças cadastradas no Programa Bolsa Família (PBF). Foram avaliadas 446 crianças (69,1 por cento do total cadastrado) com idade entre 6 e 84 meses, sendo que 262 (60,2 por cento) recebiam o benefício, e 184 (87,6 por cento) não recebiam. O teste de anemia foi realizado com o hemoglobinômetro portátil Hemocue, e os pontos de corte adotados foram 11,0 e 11,5g/dL, segundo a faixa etária. Utilizou-se regressão de Poisson hierarquizada com variância robusta para análise multivariada. Não houve diferença entre as prevalências de anemia entre os grupos beneficiários e não-beneficiários. Os fatores de risco para essa carência foram baixa escolaridade paterna, parto cesariano, consumo de água sem tratamento, baixa estatura e idade inferior a 24 meses. A prevalência de anemia no grupo de crianças menores de dois anos não-beneficiárias foi significantemente maior do que no grupo beneficiário de mesma idade, o que sugere a importância do benefício do PBF no combate à anemia em crianças.