Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Estado nutricional e fatores associados em idosos do Município de Viçosa, Minas Gerais, Brasil / Nutritional status and associated factors among the elderly in Viçosa, Minas Gerais State, Brazil

Nascimento, Clarissa de Matos; Ribeiro, Andréia Queiroz; Cotta, Rosângela Minardi Mitre; Acurcio, Francisco de Assis; Peixoto, Sérgio Viana; Priore, Silvia Eloiza; Franceschini, Sylvia do Carmo Castro.
Cad. saúde pública; 27(12): 2409-2418, dez. 2011. graf, tab
Artigo em Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde | ID: lil-610721
Investigaram-se as prevalências de baixo peso e excesso de peso, bem como os fatores associados em idosos. Trata-se de um estudo transversal, com 621 idosos residentes no Município de Viçosa, Minas Gerais, Brasil, realizado em 2009. As informações foram obtidas por meio de entrevistas domiciliares e se referiam à avaliação do estado nutricional, condições sociodemográficas e de saúde. Do total de pessoas estudadas, 53,3 por cento eram do gênero feminino. A mediana do IMC foi de 26,40kg/m² (mínima 15,20 e máxima 46,82) e foi menor para os homens do que para as mulheres. A prevalência de excesso de peso foi elevada (45 por cento; IC95 por cento: 40 por cento-49 por cento), diminuiu com a idade, associou-se positivamente ao gênero feminino e história de artrite/artrose, e negativamente à faixa etária de 80 anos ou mais e ao tabagismo. A prevalência de baixo peso foi maior no gênero masculino (18,2 por cento), aumentou com o avanço da idade e associou-se positivamente à pior percepção de saúde. O conjunto dos resultados salientam a importância de estratégias em saúde que favoreçam mudanças no estilo de vida e hábitos alimentares saudáveis.