Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Avaliação da notificação de óbitos de menores de um ano ao Sistema de Informações da Atenção Básica (SIAB) / An evaluation of the registration of deaths of infants aged less than one year in the Basic Care Information System (SIAB)

Frias, Paulo Germano de; Cavalcanti, Milde do Rego Barros Alves; Mullachery, Pricila Honorato; Damacena, Giseli Nogueira; Szwarcwald, Célia Landmann.
Rev. bras. saúde matern. infant; 12(1): 15-25, jan.-mar. 2012. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde | ID: lil-626590
Avaliar a qualidade da informação sobre óbitos de menores de um ano notificados ao Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB). MÉTODOS: estudo avaliativo da qualidade dos dados do SIAB realizado no município do Recife. Procedeu-se a análise do comportamento dos dados do SIAB, comparativamente aos do sistema de informação sobre mortalidade no período de 2000 a 2006, utilizando as bases municipal e federal disponível no site do DATASUS. Para 2006, os óbitos de menores de um ano notificados ao SIAB municipal foram individualizados e a partir de entrevistas semiestruturadas com os agentes comunitários de saúde (ACS) as notificações foram confirmadas ou descartadas, identificando erros, e fragilidades no processo de produção dos dados do SIAB. RESULTADOS: existem diferenças entre as bases de dados federal e municipal do SIAB. Apenas 34,0 por cento dos óbitos notificados pelos ACS, foram confirmados. Entre os erros que levaram a notificação excessiva de óbitos no SIAB destacam-se os relacionados à definição do evento (4,6 por cento), os de preenchimento (33,8 por cento), consolidação (7,3 por cento) e digitação (21,4 por cento) dos dados. CONCLUSÕES: apesar da disponibilidade de indicadores e reconhecimento quanto às potencialidades do SIAB para o monitoramento e avaliação da atenção primária, este permanece com fragilidades no processo de produção da informação, necessitando de investimentos para garantir maior confiabilidade dos dados...