Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Prevalencia del uso de medicamentos em ancianos institucionalizados: un estudio descriptivo / Prevalência do uso de medicamentos em idosos institucionalizados: um estudo descritivo / Prevalence of drug use in institutionalized elderly: a descriptive study

Terassi, Mariélli; Rissardo, Leidyani Karina; Peixoto, Jéssica Sereno; Salci, Maria Aparecida; Carreira, Lígia.
Online braz. j. nurs. (Online); 11(1)May 2012. tab
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde | ID: lil-639348
Objetivo: Descrever a prevalência do consumo de medicamentos prescritos entre idosos de uma Instituição de longa permanência para idosos - ILPIs. Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo de caráter quantitativo realizado em uma ILPIs no Município de Maringá, Paraná, Brasil. Os dados foram coletados no período de novembro de 2008 a outubro de 2009, através de 78 prontuários clínicos. Para análise dos dados referente aos medicamentos utilizou-se a classificação dos fármacos em subgrupo terapêutico de acordo com a classificação Anatômica-Terapêutica-Clínica(ATC).Resultados:Totalizou-se 466 medicamentos prescritos, com média de 5,97 medicamentos por idoso, destacando os fármacos para o sistema nervoso que representou 36,48% das prescrições, seguido do aparelho cardiovascular (23,17%), digestório e metabólico (22,94%). O subgrupo terapêutico mais prescrito foi o Psicolépticos, com o medicamento Haloperidol sendo o principal fármaco prescrito na instituição. Conclusão: É necessário intervenções que visem redução de fármacos contribuindo para a melhoria da qualidade de vida dos idosos institucionalizados.