Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Quedas em idosos de dois serviços de pronto atendimento do Rio Grande do Sul / Falls among the aged in two emergency care units in Rio Grande do Sul / Las caídas de los ancianos en dos unidades de atención de emergencia de Rio Grande do Sul

Ramos, Clariana Vitória; Santos, Silvana Sidney Costa; Barlem, Edison Luiz Devos; Pelzer, Marlene Teda.
Rev. eletrônica enferm; 13(4): 703-713, out.-dez. 2011.
Artigo em Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, BDENF - enfermagem (Brasil) | ID: lil-693787
O objetivo deste estudo foi identificar os principais fatores causadores de quedas em idosos de dois serviços de pronto atendimento, no Rio Grande do Sul. Pesquisa quantitativa, do tipo survey, descritiva, com 39 idosos, aos quais se aplicou entrevista para verificar perfil, questões relacionadas à saúde, condições da moradia relacionada a queda vivenciada, no período de dezembro de 2009 a abril de 2010. Utilizou-se o softwareestatístico SPSS para realização de análises descritivas. Verificou-se que 22 (56,4%) eram mulheres, 19 (48,7%) tinham de 70-79 anos, 27 (69,2) caíram nos últimos 12 meses, 15 (38,5%) caíram mais de 2 vezes no último ano. Quanto as residências dos idosos em: 37 (94,9%) os móveis são pontiagudos, 35 (89,7%) tinham degraus, 27 (69,2%) apresentavam tapetes soltos, 20 (51,3%) tinham piso escorregadio, 12 (30,8%) possuíam escadas sem corrimões. Espera-se sensibilizar os profissionais da área da saúde/população para a ameaça das quedas em idosos.