Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Pessoa idosa: capacidade funcional para as atividades básicas e instrumentais da vida diária / Anciano: la capacidad funcional para actividades básicas e instrumentales de la vida diaria / Aged: functional capacity for basic and instrumental activities of daily living

Cardoso, Leticia Silveira; Silva, Barbara Tarouco da; Rodrigues, Daine dos Santos; Leal, Cristiana Lopes; Penner, Marcelo Clarete Seracini.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online); 6(2): 584-593, abr.-jun. 2014. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, BDENF - enfermagem (Brasil) | ID: lil-712330
Objetivo: Avaliar a capacidade funcional de pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência de um município da região da campanha/RS. Método: Com abordagem exploratório-descritiva, aplicou-se a Escala de Katz e a de Lawton a 44 pessoas idosas, analisadas qualitativamente. Resultados: As atividades básicas da vida diária, Escala de Katz, apresentaram maior grau de independência em relação às instrumentais, Escala de Lawton. As dependências das pessoas idosas que foram ressaltadas circunscrevem-se no atendimento as necessidades psicológicas de higiene corporal e eliminações para a realização das atividades básicas da vida diária. E nas necessidades psicossociais de comunicação e gregária para a realização das atividades instrumentais da vida diária. Conclusão: A capacidade funcional das pessoas idosas em investigação determina o planejamento e a organização do trabalho da Enfermagem. Determinando a qualidade dos serviços por indicar o quantitativo necessário para atender as exigências e a capacitação continua.