Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Uso de medicamentos potencialmente inadequados entre idosos do Município de Viçosa, Minas Gerais, Brasil: um inquérito de base populacional / Use of potentially inappropriate medications in the elderly in Viçosa, Minas Gerais State, Brazil: a population-based survey / Uso de medicamentos potencialmente inadecuados entre ancianos de Viçosa, Minas Gerais, Brasil: un estudio basado en la población

Martins, Gabriela Aires; Acurcio, Francisco de Assis; Franceschini, Sylvia do Carmo Castro; Priore, Silvia Eloiza; Ribeiro, Andréia Queiroz.
Cad. saúde pública; 31(11): 2401-2412, Nov. 2015. tab
Artigo em Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde | ID: lil-772078
Resumo Avaliou-se o uso de medicamentos potencialmente inadequados entre idosos de Viçosa, Minas Gerais, Brasil, de acordo com os critérios de Beers 2012 e STOPP, bem como os fatores associados a esse uso. Estudo transversal com 621 idosos não institucionalizados, abordados por entrevista domiciliar. As variáveis explicativas foram sexo, idade, escolaridade, percepção da saúde, restrição de atividades nos últimos 15 dias, capacidade funcional, história de internação hospitalar, número de doenças autorreferidas e polifarmácia. Realizou-se análise de regressão de Poisson multivariada. Observou-se alta prevalência de uso de medicamentos potencialmente inadequados, 43,8% (IC95%: 37,8%-47,8%) e 44,8% (IC95%: 40,9%-48,8%), segundo os critérios de Beers 2012 e STOPP respectivamente. Sexo feminino e polifarmácia se mantiveram independentemente associados ao uso de medicamentos potencialmente inadequados, de acordo com os critérios de Beers. Para o critério STOPP, as variáveis independentemente associadas ao uso de medicamentos potencialmente inadequados foram sexo feminino, percepção de saúde regular e polifarmácia. Esforços são necessários para se qualificar a prática da polifarmácia entre idosos.