Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Saúde Pública Brasil

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Controle do Aedes: criação, recepção e percepções de campanhas audiovisuais em saúde pública em diferentes comunidades do Brasil / Aedes control: creation, reception and perceptions of public health audiovisual campaigns in different communities of Brazil

Albarado, Ádria Jane; Mendonça, Ana Valéria Machado; Jesus, Elizabeth Alves de; Sousa, Maria Fátima de.
Ciênc. Saúde Colet ; 26(2): 409-416, fev. 2021.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1153774
Resumo Com a finalidade de compreender a estratégia de comunicação adotada pelo Ministério da Saúde para a prevenção de doenças causadas pelo aedes e analisar a percepção da comunidade quanto aos vídeos sobre dengue, chikungunya e Zika veiculados entre 2014 e 2017, apresenta-se análise qualitativa realizada a partir de uma entrevista em profundidade com informante-chave do Núcleo de Comunicação do Ministério da Saúde e de rodas de conversa com a comunidade de quatro regiões brasileiras. A estratégia adotada pelo Ministério apoia-se na Teoria Hipodérmica por questões financeiras e logísticas, mas campanhas analisadas não alcançaram a maioria dos participantes das rodas. Estes julgam que as informações mais importantes em campanhas de prevenção são os cuidados e não as possíveis sequelas, diferente do que foi argumentado pelo(a) informante-chave. A comunidade considera a regionalização e a abordagem de características socioambientais, culturais e econômicas importantes, mas o MS não considera a regionalização de campanhas efetiva. Conclui-se que os vídeos não suprem as necessidades da população e devem ser utilizados de forma integrada a outras ações de informação, educação e comunicação em saúde para a eficácia do controle das doenças.
Biblioteca responsável: BR1.1
Selo DaSilva