Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Saúde Pública Brasil

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Concepto sociocultural del VIH y su impacto en la recepción de campañas de promoción de la salud en Medellín / Sociocultural Concept of HIV and its Impact on the Receipt of Health Promotion Campaigns in Medellín / Conceito sociocultural do VIH e o seu impacto na receção de campanhas de promoção da saúde em Medellín

Piedrahita Adm, Lemy Bran; Moya, Adm, Lucía Palacios; Posada Zapata, Isabel Cristina; Bermúdez Román Adm, Viviana.
Rev. cienc. salud (Bogotá) ; 15(1): 59-70, abr. 2017. ilus
Artigo em Espanhol | LILACS-Express | ID: biblio-900232

Introdução:

Desde a aparição dos primeiros casos da Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (SIDA) nos Estados Unidos em 1981, construiu-se um estigma ao redor da doença que forjou o conceito sociocultural e os imaginários com respeito a esta, associando a aquisição do Vírus de Imunodeficiência Humana (VIH) -vírus que desencadeia a síndrome- com limitados grupos de população, o qual propicia um impacto limitado das campanhas empreendidas na promoção da saúde.

Objetivo:

Compreender o impacto sociocultural do conceito do VIH nas campanhas de promoção da saúde desde a percepção de alguns adultos que viviam com a doença em Medellín para o ano 2012.

Materiais e métodos:

realizou-se uma pesquisa qualitativa, com enfoque histórico hermenêutico, utilizando a Teoria Fundamentada de Barney Glaser e Anselm Strauss. A informação obteve-se através de entrevistas realizadas a 13 participantes, cujas transcrições se analisaram e categorizaram até chegar à saturação teórica.

Resultados:

de acordo aos informantes chave do estudo, os conceitos socioculturais que se têm erigido em torno ao VIH se têm convertido em uma barreira de acesso aos serviços de saúde, devido ao estigma social, o significado religioso e os mau denominados grupos de risco associados ao vírus. Discussão diferentes autores coincidem com os resultados desta pesquisa ao afirmar que os conceitos socioculturais forjados ao redor do VIH outorgam uma maior complexidade na abordagem da doença, o qual afeta a resposta à epidemia desde os sistemas de saúde
Biblioteca responsável: CO304.1
Selo DaSilva