Your browser doesn't support javascript.

Secretaria de Estado da Saúde - BVS

Rede de Informação e Conhecimento

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Entre incêndios e prevenção: sífilis congênita no território de Franco da Rocha / Between fires and prevention: congenital syphilis in the territory of Franco da Rocha

Rocha, Lilian Martins.
São Paulo; s.n; 2022. 94 p.
Tese Português | SES-SP, SES SP - Instituto de Saúde, SES-SP, SES SP - Acervo Instituto de Saúde, SES SP - Especializações, SES-SP | ID: biblio-1362388

Introdução:

A Sífilis é uma das IST's mais antigas já datadas, ela é causada pela bactéria Treponema pallidum. Como condição de diagnóstico e tratamentos bem delimitados, é uma infecção curável, mas que segue sendo um grande problema de saúde pública, como quando ocorre na sua modalidade gestacional, que não tratada ou tratada de forma inadequada pode ser transmitida verticalmente para o feto, podendo desencadear má formação congênita.

Objetivo:

Contribuir para produção de conhecimento e dar base científica para ações que visem a diminuição da sífilis congênita no território de Franco da Rocha e conhecer a percepção dos profissionais da atenção básica sobre a sífilis congênita e quais são os principais desafios que enfrentam para combatê-la e fornecer um bom atendimento aos usuários.

Metodologia:

Trata-se de um estudo qualitativo, que parte de duas etapas metodológicas. As entrevistas com gestores e profissionais de saúde, que contribuíram para subsidiar formas de entender a dinâmica dos profissionais, assim como apreender as ações em saúde no município, principalmente as relacionadas ao pré-natal e ao enfrentamento da sífilis congênita e a busca de boas práticas para subsidiar a discussão. Toda análise e interpretação dos materiais de entrevista teve como embasamento teórico a perspectiva sócio-histórica, que entende as narrativas dos sujeitos como sendo construções históricas. Resultados e Discussão Os resultados estão organizados em categorias, tais surgiram a partir da organização das respostas dos entrevistados às perguntas que compõem o roteiro de entrevista. Cada agrupamento profissional teve um roteiro de entrevista personalizado, mas com questões comuns a todos os grupos. As perguntas possibilitaram a leitura da realidade do município de Franco da Rocha em relação à Sífilis, através das vivências dos profissionais de saúde, tanto da ponta do serviço, quanto da gestão.

Conclusão:

O trabalho possibilitou que se discutisse as barreiras e as fortalezas impostas a realização de um bom pré-natal, e, por consequência, a um bom acompanhamento (diagnóstico e tratamento) da sífilis gestacional. Tais versaram sobre como o desempenho profissional (alta rotatividade e adequação de diretrizes e protocolos clínicos), questões sociais, como o machismo, as desigualdades estruturantes, como o acesso aos serviços, educação sexual e permanente, atravessam a questão da sífilis congênita e aponta para nortes de atuação.
Biblioteca responsável: BR1764.1
Localização: BR1764.1
Selo DaSilva