Your browser doesn't support javascript.

Secretaria de Estado da Saúde - BVS

Rede de Informação e Conhecimento

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Proposta de cultivo de fibroblastos primários a partir de pavilhões auriculares de camundongos Balb/c / Proposal for the cultivation of primary fibroblasts from auricular pavilions of Balb/c mice

Leme, Bianca.
Bauru; s.n; 2022. 18 p. ilus, graf.
Tese Português | SES-SP, CONASS, SES SP - Instituto Lauro de Souza Lima, SES-SP, SES SP = Acervo Instituto Lauro de Souza Lima, SES-SP, SES SP - Especializações, SES-SP | ID: biblio-1367968
A pele representa mais de 15% do peso corpóreo e por ser importante via de interação com o meio ambiente, está sujeita a diferentes estímulos e agressões. Após uma lesão, inúmeros fatores ativam coletivamente a resposta inflamatória, a fim de destruir agentes agressores e orquestrar o reparo tecidual. Entre as principais células que compõem a pele estão os fibroblastos dérmicos, e a adoção de modelos experimentais que espelhem o comportamento biológico dessas células é de fundamental importância para a medicina regenerativa. Fibroblastos primários são exemplos de células facilmente cultiváveis, que apresentam uma gama de vantagens em comparação com outros tipos. O presente estudo se propôs testar modelos prévios de cultivo de fibroblastos primários a partir de pavilhões auriculares de camundongos da linhagem BALB/c, a fim de serem utilizados em futuros estudos de compatibilidade de biomateriais voltados ao reparo tecidual, entre outras aplicações. Nossos resultados demonstraram o cultivo de fibroblastos dérmicos primários de morfologia microscópica típica, com contornos fusiformes ou estrelados, prolongamentos citoplasmáticos evidentes e núcleo arredondado. A viabilidade e crescimento celular, avaliados após 2-4-6-8-10-12 dias, demonstrou pico de crescimento entre 6 e 8 dias, decaindo a partir de 10 dias. Observou-se ainda, uma correlação positiva entre os grupos experimentais e o período de tempo decorrido. Na comparação intragrupos, observou-se diferenças estatisticamente significantes entre grupos experimentais e controle negativo. Nossos resultados nos permitiram concluir que, fibroblastos dérmicos primários podem ser cultivados de modo simples, rápido e com baixo custo, a partir de pavilhões auriculares de camundongos BALB/c, sendo um modelo viável a ser empregado em estudos de com biomateriais reparadores
Biblioteca responsável: BR191.1
Localização: BR191.1; 0125/CD
Selo DaSilva