Your browser doesn't support javascript.

Secretaria de Estado da Saúde - BVS

Rede de Informação e Conhecimento

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Neurological follow-up of small-for-gestational age newborn infants: a study of risk factors related to prognosis at one year of age

Gherpelli, José Luiz Dias; Ferreira, Helvetia; Costa, Helenice P. F.
Arq. neuropsiquiatr; 51(1): 50-8, mar.-maio 1993. ilus, tab
Artigo Inglês | LILACS | ID: lil-126155
Para estudarmos a importância relativa de alguns fatores de risco sobre o prognóstico neurológico, no primeiro ano de vida, 37 recém-nascidos (RN) pequenos para a idade gestacional (PIG) foram seguidos, prospectivamente, até 1 ano de idade concepcional. O exame neurológico neonatal foi anormal em 51,3// das crianças e, aos 12 meses 32,3// ainda apresentavam anormalidades neurológicas. Entretanto, somente 8,1// das crianças apresentavam anormalidades neurológicas severas, com 1 ano de idade. Os testes de desenvolvimento apresentaram taxas de anormalidades que variaram de 16 a 25//, nas várias faixas etárias. Os seguintes fatores de risco foram analisados em relaçäo à sua interferência com o prognóstico neurológico gestaçäo de alto risco, hipertensäo arterial materna, nível sócio-econômico materno, prematuridade, asfixia neonatal e peso e estatura abaixo do percentil 2,5 na idade de 1 ano. A análise estatística demonstrou correlaçäo altamente significativa entre presença de anormalidades neurológicas (p=0,0001) e no teste de desenvolvimento (p=0,001) e peso abaixo do percentil 2,5, na idade de 1 ano. A análise estatística demonstrou correlaçäo altamente significativa entre presença de anormalidades neurológicas (p=0,0001) no teste de desenvolvimento (p=0,0001) e peso abaixo do percentil 2,5, na idade de 1 ano. Nenhum dos outros fatores de risco apresentou correlaçäo significativa com o prognóstico neurológico, na idade de 1 ano
Biblioteca responsável: BR1.1
Selo DaSilva