Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Estudio Descriptivo de los Factores de Riesgo para la Hipertensión Arterial entre Víctimas de Accidentes Cerebrovascular / Estudo Descritivo dos Fatores de Risco para Hipertensão Arterial entre Vítimas de Acidente Vascular Encefálico / Descriptive Study of Risk Factors in Arterial Hypertension among Victims of Stroke

Mendonça, Larissa Bento de Araújo; Lima, Francisca Elisangela Teixeira; Barbosa, Islene Victor; Brito, Maria Eliane Maciel de; Oliveira, Shérida Karanini Paz de; Cunha, Lilian Gomes Pereira da.
Online braz. j. nurs. (Online) ; 10(3)sep.- dec. 2011. tab
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS | ID: lil-648203

Objetivo:

Verificar a presença de fatores de risco não-modificáveis e modificáveis para a Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) nos pacientes que tiveram um Acidente Vascular Encefálico (AVE).

Método:

Estudo descritivo, quantitativo realizado em uma unidade de AVE de um hospital, Fortaleza-CE. Compôs a amostra 75 pacientes portadores de HAS acometidos por um AVE, internados na referida unidade. Coletou-se os dados por meio de entrevista ao paciente Os resultados foram expostos em tabelas de frequência. Aprovado pelo comitê de ética. Resultados e discussão Fatores não modificáveis sexo masculino (61,4%), faixa etária >60 anos (48%), antecedentes familiares com doenças cardiovasculares (68%) e cor da pele branca (64%). Fatores modificáveis alimentação não saudável (64%), sedentarismo (92%), tabagismo (20%), etilismo (21,3%) e uso inadequado da medicação (41,3%).

Conclusão:

Vítimas de AVE possuem fatores modificáveis para a HAS, cabendo aos profissionais enfermeiros desenvolver estratégias com a população portadora de HAS para redução desses fatores e prevenção de complicações cardiovasculares.
Biblioteca responsável: BR1342.1