Your browser doesn't support javascript.

Bibliografia do SUS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Integrality: life principle and right to health / Integralidad: principio de vida y del derecho a la salud / Integralidade: princípio de vida e de direito à saúde

Fonseca Viegas, Selma Maria; de Mattos Penna, Cláudia Maria.
Invest Educ Enferm; 33(2): 237-247, May-Aug. 2015.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-760924

Resumo

Objective. To understand the health integrality in the daily work of Family Health Strategy (FHS) and its concept according to the managers in Jequitinhonha Valley, Minas Gerais, Brazil. Methodology. This is a multiple case study of holistic and qualitative approach based on the Quotidian Comprehensive Sociology. The subjects were workers of the Family Health Strategy teams, the support team and managers in a total of 48. Results. The results show the integrality as a principle of life and right to health and to contemplate it in the quotidian of doings in health, others principles of the Unified Health System may be addressed consecutively. The universal right to health care needs is declared in contemplation of integrity of being, the idealization of a subject-centered care, one that is our aim in health care, which signals a step towards a change of attitude in seeking comprehensive care. Conclusion. It is considered that the principle of integrality is a difficult accomplishment in its dimensions.
Objetivo. Comprender la integralidad en salud en el trabajo cotidiano de los equipos de la Estrategia de Salud de la Familia (ESF) y de gestores de municipios del Valle de Jequitinhonha, Minas Gerais, Brasil. Metodología. Estudio de casos múltiples holísticos y cualitativo, fundamentado en la Sociología Comprensiva de lo Cotidiano. Los sujetos fueron trabajadores del equipo de ESF, del equipo de apoyo y de los gestores municipales, para un total de 48. Resultados. Los hallazgos presentan la integralidad como un principio de la vida y el derecho a la salud ya la contemplan en el cotidiano del hacer en salud. Los demás principios del Sistema Único de Salud deberán ser consecutivamente contemplados. El derecho universal a la atención de las necesidades de salud es declarado en la contemplación de la integralidad del ser, en la idealización de una atención centrada en el sujeto que es nuestro objetivo en la atención en salud, lo que señala un paso hacia el cambio de postura en busca de una atención integral. Conclusión. Se considera que la integralidad es un principio de difícil implementación en sus dimensiones.
Objetivo. Compreender a integralidade em saúde no trabalho cotidiano de equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) e de gestores de municípios do Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais, Brasil. Metodologia. Estudo de casos múltiplos holísticos e qualitativo, fundamentado na Sociologia Compreensiva do Cotidiano. Os sujeitos foram trabalhadores das equipes ESF e das equipes de apoio e os gestores de cada município, em um total de 48. Resultados. Os resultados apresentam a integralidade como um princípio de vida e direito à saúde e para contemplá-la no cotidiano dos fazeres em saúde, os demais princípios do Sistema Único de Saúde deverão ser consecutivamente contemplados. O direito universal no atendimento às necessidades de saúde é declarado na contemplação da integralidade do ser, na idealização de uma atenção sujeito-centrada, aquele que é o nosso objetivo na atenção à saúde, o que sinaliza um passo para uma mudança de postura, em busca de uma atenção integral. Conclusão. Considera-se que a integralidade é um princípio de difícil efetivação em suas dimensões.
Biblioteca responsável: CO103.1