Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Influence of orchiectomy of seven month old bulls on bronchoalveolar immune function / Influência da orquiectomia na função imune broncoalveolar de garrotes de sete meses de idade

Arq. bras. med. vet. zootec; 69(2): 310-316, mar.-abr. 2017. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-833821

Resumo

The present study evaluated the impact that orchiectomy, a routine but painful intervention in bovine husbandry, can cause on pulmonary immunity. To identify whether orchiectomy can impair lung defense, analyses of serum cortisol concentration and of alveolar macrophage and their function (phagocytosis and respiratory burst) were evaluated. Sixteen Holstein bulls (7 mo old, 250±50kg of body weight BW) were divided in two homogeneous groups - the castrated group and the sham group - and the sample were collected on Days -7, 1 and 7 relative to the day of the procedure. Serum cortisol concentration statistically increased on Days 1 and 7 (D-7: 4,97±1,28ng/ml; D1: 6,35 ±1,10ng/ml; D7: 8,28±1,94ng/ml) after castration and these variables seem to impact the alveolar macrophage percentage on D1 (D-7: 76,86±3,44%; D1: 60,92±2,44%; D7: 74,17±2,56%) and their respective function of phagocytosis (P) and the oxidative burst (OB) on Days 1 and 7 for the castrated group (P D-7: 56,25±15,63 arbitrary values; D1: 54,75±14,07 arbitrary values; D7: 31,77±8,44 arbitrary values; and OB D-7: 222,34±39,52 arbitrary values; D1: 135,25±37,68 arbitrary values; D7: 117,73±18,17 arbitrary values). These results indicate that surgical castration affected lung defense until seven days after the practice, so the pulmonary cell function was impaired for a period higher than that reported in the literature.(AU)
O presente estudo avaliou o impacto que a orquiectomia, uma intervenção dolorosa comumente realizada durante a criação de bovinos, pode causar na imunidade pulmonar. Para tanto, foram realizadas dosagens de cortisol sérico, bem como a análise de macrófagos alveolares e suas funções (fagocitose e metabolismo oxidativo) de 16 bovinos da raça Holandesa preto e branco (sete meses de idade, 250±50kg de peso vivo). Esses animais foram divididos aleatoriamente em dois grupos homogêneos - grupo castrado e grupo controle - e foram avaliados nos dias -7, 1 e 7, relativos ao dia do procedimento cirúrgico, que foi realizado no dia 0. A concentração de cortisol sérico aumentou estatisticamente nos dias 1 e 7 em relação ao grupo controle (D-7: 4,97±1,28ng/mL; D1: 6,35 ±1,10ng/mL; D7: 8,28±1,94ng/mL). Notou-se diminuição de macrófagos alveolares no D1 (D-7: 76,86±3,44%; D1: 60,92±2,44%; D7: 74,17±2,56%) e de suas funções de fagocitose (F) e metabolismo oxidativo (MO) nos dias 1 e 7 (F D-7: 56,25±15,63 valores arbitrários; D1: 54,75±14,07 valores arbitrários; D7: 31,77±8,44 valores arbitrários; e MO D-7: 222,34±39,52 valores arbitrários; D1: 135,25±37,68 valores arbitrários, D7: 117,73±18,17 valores arbitrários) para o grupo castrado. Esses resultados demonstram que a orquiectomia afeta as defesas pulmonares por até sete dias após a prática, período superior ao relatado pela literatura.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1