Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

IMPACTO DO PET-SAÚDE NA FORMAÇÃO PROFISSIONAL: UMA REVISÃO INTEGRATIVA / PET-HEALTH IMPACT TO PROFESSIONAL FORMATION: INTEGRATIVE REVIEW / IMPACTO DEL PET-SALUD EN LA FORMACIÓN PROFESIONAL: UNA REVISIÓN INTEGRATIVA

Rev. baiana saúde pública; 40(2 (2016)): https://doi.org/10.22278/2318-2660.2016.v40.n2.a1682, Set. 2017.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-859792
O Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde é uma ação intersetorial direcionada para o fortalecimento de áreas estratégicas para o Sistema Único de Saúde. O objetivo da pesquisa foi identificar as contribuições e limitações do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde na formação de estudantes da área da saúde. Realizou-se revisão integrativa da literatura nas bases de dados Literatura Latino-Americano e do Caribe em Ciências da Saúde, Scientific Electronic Library Online e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. A limitação temporal compreendeu os anos de 2008 a 2014. Do levantamento, resultaram 14 artigos, sendo estabelecidas três categorias temáticas mediante análise de conteúdo. Os resultados apontaram que o Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde é ferramenta transformadora da formação profissional por possibilitar a integração ensino-serviço-comunidade pautada na interdisciplinaridade e por propiciar um preparo profissional voltado para as necessidades do Sistema Único de Saúde. Algumas limitações foram apontadas, como a indisponibilidade de tempo acadêmico para a atuação no Programa, a não colaboração dos profissionais, o insuficiente engajamento dos preceptores nas atividades propostas e a atuação multiprofissional fragmentada. Concluiu-se que o Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde propôs uma ótica peculiar para a articulação ensino-serviço-comunidade, procurando integrar os estudantes dos cursos de graduação aos serviços públicos de saúde do Sistema Único de Saúde, principalmente aqueles relacionados à atenção primária, a fim de possibilitar a prática de novas experiências.
Biblioteca responsável: BR800.9