Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Tumores metastáticos para os maxilares: uma revisão integrativa / Metastatic tumors to the jaws: an integrative review

J. Health Biol. Sci. (Online); 6(1): 83-91, jan-mar.2018. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-876371

INTRODUÇÃO:

Tumores metastáticos na região oral e perioral são extremamente raros.

OBJETIVO:

realizar uma revisão integrativa dos casos de metástases nos maxilares e sua relação com os tumores primários, os tipos histológicos e as principais localizações topográficas de ambos.

METODOLOGIA:

Foi realizada uma pesquisa nas bases de dados MEDLINE, Google acadêmico e LILACS utilizando os seguintes critérios: artigos publicados na íntegra, no período de 2000 a 2016, em inglês, português e espanhol, case report e classical articles sobre o tema, utilizando os seguintes descritores: maxilares, mandíbula, maxila, metástases, incidência e seus mesh terms.

RESULTADOS:

Foram incluídos um total de 35 artigos que cumpriam com todos os critérios. Foram ao todo 452 pacientes com metástases, dos quais 53.1% eram homens. A idade dos pacientes variou dos 4 meses a 90 anos. A mandíbula foi acometida em 55.7% dos casos, e a principal localização primária foi a mama, seguida pelo pulmão com 90 e 87 casos, respectivamente. Em 39% da amostra, os tumores primários eram desconhecidos. O adenocarcinoma foi o principal padrão histopatológico sendo encontrado em 30.3% da amostra.

CONCLUSÃO:

Os tumores metastáticos dos maxilares estão relacionados com um diagnóstico desafiador e tardio com prognóstico sombrio de curta sobrevida. Acometem mais comumente a região posterior mandibular entre a quinta e oitava décadas de vida, em ambos os sexos. O cirurgião dentista tem grande papel no diagnóstico precoce destas lesões. (AU)
Biblioteca responsável: BR1780.2