Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

As avaliações longitudinais de cinco anos em próteses cerâmicas totais fixas implantossuportadas são escassas na literatura: uma revisão sistemática / Five-year longitudinal evaluations on implant-supported total fi xed ceramic prostheses are scarce in the literature: a systematic review

ImplantNewsPerio; 3(1): 51-56, jan.-fev. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-881576

OBJETIVO:

a objetivo desta revisão sistemática foi avaliar estudos clínicos e as taxas de sucesso e complicações protéticas das próteses fixas totais cerâmicas implantossuportadas em pacientes totalmente desdentados, após um período de acompanhamento mínimo de 5 anos.

MATERIAL E MÉTODOS:

a pesquisa bibliográfica foi realizada usando as bases de dados eletrônicas Medline/PubMed, entre 1980 a 2015, para estudos clínicos em língua inglesa relatando as complicações protéticas e implantares. Os termos de pesquisa que foram utilizados, isoladamente ou em combinação foram implant-supported restoration, prosthodontic complications, technical complications, mechanical complications, dental implants, screw complications, edentulous arch, metal framework fracture, restoration, acrylic veneer fracture, ceramic veneer fracture, biologic complications e edentulous arch.

RESULTADOS:

dos 181 artigos recuperados, apenas três estudos cumpriram os critérios de inclusão para esta revisão, sendo três estudos prospectivos. As complicações biológicas e técnicas em implantes e próteses foram identificadas e registradas, incluindo: fraturas dos materiais de suporte da estrutura/recobrimento, soltura do parafuso da prótese e/ou parafuso do pilar, fratura do parafuso protético e/ou parafuso do pilar, deficiências estéticas e desgaste do material.

CONCLUSÃO:

dentro dos limites desta revisão sistemática, os estudos sobre materiais cerâmicos com cinco anos ou mais de acompanhamento são escassos ou inexistentes sugerindo cautela na utilização desse tipo de restauração implantossuportada.
Biblioteca responsável: BR510.1