Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Saúde do trabalhador e fonoaudiologia: percepções de agricultores irrigantes expostos a produtos ototóxicos / Worker health and speech therapy: perceptions of irrigation farmers exposed to ototoxic products / Salud del trabajador y la fonoaudiología: percepciones de agricultores expuestos a productos ototóxicos

Rev. baiana saúde pública; 41(4): https://doi.org/10.22278/2318-2660.2017.v41.n4.a2441, jul. 2018.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-910491
O objetivo deste estudo é investigar as representações sociais de agricultores rurais do povoado Várzea dos Cágados na Cidade de Lagarto, Sergipe, Brasil, sobre as queixas de saúde decorrentes da exposição a substâncias ototóxicas e o trabalho do fonoaudiólogo na saúde desses trabalhadores. Trata-se de uma pesquisa exploratória com abordagem qualitativa e quantitativa. Definiu-se a estratégia da entrevista semiestruturada para a coleta de dados. A abordagem do Discurso do Sujeito Coletivo foi aplicada na avaliação dos dados resultantes das entrevistas. Os resultados mostraram que 62,96% dos participantes da pesquisa possuíam o ensino fundamental incompleto; 59,26% contavam com mais de 31 anos de atuação como agricultores; todos os agricultores utilizavam equipamentos de proteção individual em suas atividades laborais; 48,15% dos agricultores possuía renda acima de 1 salário mínimo. Os discursos dos agricultores irrigantes contemplaram aspectos referentes aos efeitos do uso do agrotóxico, prevenção de acidentes e equipe de segurança no trabalho. Concluiu-se que os agricultores rurais participantes da pesquisa não expressaram nenhuma representação sobre os profissionais da saúde do município como membros de campanhas ou atividades que buscassem prevenir e promover a saúde deles
Biblioteca responsável: BR800.9