Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Executive functions assessment in patients with language impairment A systematic review / Avaliação das funções executivas em pacientes com comprometimento de linguagem: uma revisão sistemática

Dement. neuropsychol; 12(3): 272-283, July-Sept. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-952977
Resumo Distúrbios de linguagem adquiridas podem acompanhar diferentes quadros. Estudos recentes mostram que existe uma relação importante entre linguagem e funções cognitivas, como as funções executivas (FE). Portanto, visou-se investigar quais os principais componentes das FE parecem ter um maior impacto nos quadros com transtornos de comunicação adquiridos mais prevalentes em adultos e quais testes neuropsicológicos estão sendo mais utilizados para avaliá-los. Além disso, buscamos caracterizar qual a relação entre as funções executivas e a linguagem nesses quadros. A memória de trabalho (MT) foi a medida cognitiva mais frequentemente citada, sendo avaliada por diferentes tarefas de Span. Encontrou-se relação entre MT e discurso narrativo e conversacional, habilidades de escrita e compreensão gramatical. Outros testes cognitivos usados incluem os testes Trail Making, Wisconsin, Stroop e Verbal Fluency. Linguagem e EF têm uma relação complexa e, portanto, uma avaliação completa desses pacientes deve refletir o dinâmico processamento do funcionamento cognitivo.
Biblioteca responsável: BR1.1