Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Morphophysiological evaluation of Bauhinia divaricata L. (Fabaceae) plants at different water regimes / Avaliação morfofisiológica em plantas de Bauhinia divaricata L. (Fabaceae) em diferentes regimes hídricos

Biosci. j. (Online); 34(6 Supplement 1): 120-130, nov./dec. 2018.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-968877
A pata-de-vaca (Bauhinia divaricata L.) é uma espécie arbórea, amplamente distribuída no Brasil, de alto valor ornamental e econômico. Suas folhas são utilizadas nas inflamações renais, como diuréticas, hipoglicemiantes, sendo considerada uma planta medicinal de uso popular. A pesquisa foi desenvolvida em casa de vegetação pertencente ao Laboratório de Ecologia Vegetal, Centro de Ciências Agrárias (CCA), Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O Objetivo foi avaliar as características morfofisiológicas em plantas de Bauhinia divaricata em diferentes regimes hídricos. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com cinco tratamentos hídrico 100%, 80%, 60%, 40% e 20% da capacidade de pote. Avaliou-se, semanalmente a altura, número de folhas e diâmetro do caule. Ao final do experimento as plantas tiveram seus órgãos separados e levados à estufa para obtenção da matéria seca das folhas, caule, raízes e massa seca total, e ainda, alocação de biomassa nas folhas, caule e raízes. A altura de plantas não diferiu estatisticamente entre os tratamentos, o número de folhas, diâmetro, alocação de folhas, caules e raízes e massas seca da raiz e parte aérea foram maiores sob maior disponibilidade de água (100% da capacidade do recipiente). Para a produção de mudas de B. divaricata L. o regime hídrico deve ser de 100% e 80% da capacidade do recipiente, porém as mudas crescem satisfatoriamente.
Biblioteca responsável: BR396.4