Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

História das Psicoterapias e da Psicanálise no Brasil: o caso do Rio de Janeiro / History of Psychotherapies and Psychoanalysis in Brazil: the case of Rio de Janeiro / Historia de las Psicoterapias y de la Psicoanálisis en Brasil: el caso de Río de Janeiro

Estud. pesqui. psicol. (Impr.); 18(4): 1106-1117, out.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-994977
O presente artigo se propõe a apresentar as práticas psicoterapêuticas utilizadas pela psiquiatria brasileira no Hospício Nacional de Alienados, instituição psiquiátrica situada no Rio de Janeiro e fundada no ano de 1852. A pesquisa se debruçou sobre artigos, livros autorais e manuais médicos do Hospital Nacional de Alienados e professores da cátedra de Psiquiatria e Moléstias Mentais da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro. Como referencial teórico, o artigo se apoia em Chartier (1990) para indicar que, ao circular no Brasil do início do século XX, as diferentes psicoterapias tiveram que se acomodar ao contexto para poderem circular. Em especial, demonstra-se como a psicanálise foi apropriada e negociada de acordo com os repertórios disponíveis no contexto psiquiátrico local, bem como frente aos diversos interesses individuais e profissionais presentes, tendo que se adaptar para ganhar credibilidade e aceitação no ambiente da medicina mental brasileira da primeira metade do século XX. Apenas no final da década de 1950 é que se constituiria como uma disciplina independente e autônoma frente aos outros saberes psi com os quais teve que se mesclar ao longo do século.(AU)
Biblioteca responsável: BR1691.1