Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Tratamento de candidíase oral em pacientes com câncer de cabeça e pescoço: uma revisão sistemática / Treatment of oral candidiasis in patients with head and neck cancer: a systematic review

Rev. AMRIGS; 53(3): 241-245, jul.-set. 2009. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-566956

Resumo

Introdução: A candidíase constitui uma das infecções oportunistas mais frequentes em pacientes oncológicos, sendo resultado do desequilíbrio da ecologia do ambiente, em virtude dos tratamentos antineoplásicos. Objetivo: Investigar através de uma revisão sistemática as intervenções para o tratamento de candidíase orofaríngea em pacientes com câncer de cabeça e pescoço. Metodologia: Consulta em bases de dados eletrônicos MEDLINE, LILACS e BBO, cuja coleta de dados incluiu estudos de intervenção (ensaio clínico), apresentando desfechos relacionados à avaliação clínica e microbiológica da candidíase através dos antifúngicos. As estratégias de buscas utilizadas incluíram como palavras: cancer and (oral or bucal or neck or head) and (treatment or therapy), nos idiomas português, inglês e espanhol, no período de 1966 a 2007. Resultados: Foram selecionados três estudos, todos no idioma inglês, sendo que apenas um objetivou avaliar a resposta dos indivíduos ao fluconazol e os demais compararam a resposta do fluconazol a outras drogas (voriconazol, itraconazol e anfotericina B). Conclusão: O fluconazol apresentou melhores resultados, sendo eficaz em debelar a candidíase orofaríngea. No entanto, deve-se atentar para a resistência de determinadas linhagens de cândida ao fluconazol, devendo o profissional ser capaz de escolher o medicamento de melhor efeito para cada caso.
Introduction: Candidiasis (thrush) is one of the most common opportunistic infections among cancer patients, being a result of an imbalance in the environmental ecology because of the antineoplastic therapies. Aim: To investigate through a systematic review the available interventions for treatment of oral candidiasis in patients with head and neck cancer. Methods: A review was made of electronic databases MEDLINE, LILACS and BBO, in which data collection included intervention studies (clinical trials) presenting outcomes related to clinical and microbiological evaluation of candidiasis through antifungal drugs. The search strategies included words like cancer and (oral or buccal or neck or head) and (treatment or therapy), in Portuguese, English and Spanish, from 1966 to 2007. Results: Three studies were selected, all written in English, one of which evaluating patient response to fluconazole and the other two comparing response to fluconazole with other drugs (voriconazole, itraconazole and amphotericin B). Conclusion: Fluconazole presented the best results, being effective to suppress oral candidiasis. However, the resistance of certain candida strains to fluconazole must be considered, so as to be able to select the drug that is most likely to succeed in each particular case.
Biblioteca responsável: BR18.1