Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Influência do descarte involuntário de matrizes no impacto econômico da mastite em rebanhos leiteiros / Influence of involuntary of matrices culling on the economic impact of mastitis in dairy herd

Ciênc. agrotec., (Impr.); 35(1): 195-202, jan.-fev. 2011. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-576100
Objetivou-se com esta pesquisa, analisar e quantificar a influência do descarte involuntário de matrizes no impacto econômico da mastite em rebanhos leiteiros. A pesquisa foi realizada por meio de simulação no sistema computacional CU$TO MASTITE, considerando rebanhos leiteiros com taxas de descarte de 2, 4 e 6 por cento. Foram considerados como prevenção as despesas com monitoramento (cultura e antibiograma, contagem de células somáticas no tanque e contagem de células somáticas individuais), pré e pós dipping, vacinação, tratamento de vacas secas e manutenção de ordenhadeira. Como medidas curativas consideraram-se os tratamentos de casos clínicos, cuja percentagem foi de 7 por cento das vacas em lactação. O impacto da mastite foi estimado como sendo o total de perdas acrescido das despesas com prevenção e tratamento de casos clínicos. O aumento da taxa de descarte influenciou diretamente no impacto econômico da mastite. O elevado impacto econômico evidencia a necessidade de monitoramento da doença, para diminuírem os prejuízos causados pela mesma. As despesas com tratamento preventivo representaram, no máximo, 9,2 por cento do impacto econômico, o que demonstra vantagem em investir nessa prática, pois ela irá contribuir significativamente para diminuição da contagem de células somáticas no tanque e, consequentemente, para reduzir o impacto econômico da mastite.
Biblioteca responsável: BR1.1