Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Distribuição regional e socioeconômica da disponibilidade domiciliar de alimentos no Brasil em 2008-2009 / Regional and socioeconomic distribution of household food availability in Brazil, in 2008-2009 / Distribución regional y socioeconómica de la disponibilidad domiciliaria de alimentos en Brasil, 2008-2009

Rev. saúde pública; 46(1): 6-15, fev. 2012. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-611784

OBJETIVO:

Descrever a distribuição regional e socioeconômica da disponibilidade domiciliar de alimentos no Brasil.

MÉTODOS:

Estudo com dados secundários da Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística sobre aquisições de alimentos e bebidas para consumo domiciliar. As quantidades de alimentos, registradas durante sete dias consecutivos nos 55.970 domicílios brasileiros amostrados, foram transformadas em calorias e nutrientes. Indicadores de qualidade da dieta foram construídos e analisados segundo estratos socioeconômicos e regionais da população brasileira.

RESULTADOS:

O teor protéico da disponibilidade alimentar mostrou-se adequado em todos os estratos regionais e econômicos. Em contrapartida, observou-se excesso de açúcares livres e de gorduras em todas as regiões, especialmente nas regiões Sul e Sudeste. A proporção de gorduras saturadas foi elevada no meio urbano e consistente com a maior participação de produtos de origem animal. A presença insuficiente de frutas, legumes e verduras foi comum em todas as regiões. Intensificação do teor de gorduras e diminuição do teor de carboidratos da dieta foram observadas com o aumento da renda.

CONCLUSÕES:

As características negativas da qualidade da dieta da população brasileira observadas ao final da primeira década do século XXI conferem alta prioridade para políticas públicas de promoção da alimentação saudável.
Biblioteca responsável: BR1.1