Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Capacidade de autocuidado de idosos atendidos pela consulta de enfermagem na atenção secundária à saúde / Capacidad de autocuidado de ancianos atendidos em la consulta de enfermería en la atención secundaria a la salud / Capacity for self-care of elderly people attended in nursing consultation in secondary health care

Rev. enferm. Cent.-Oeste Min; 6(2): 2199-2211, maio-ago.2016.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-794262

Resumo

Analisar a capacidade de autocuidado de idosos atendidos pela consulta de enfermagem em um ambulatório multiprofissional de atenção à saúde do idoso e levantar as características sociodemográficas e epidemiológicas deste grupo populacional. Método: estudo descritivo e exploratório, com aplicação de uma escala para a avaliação da capacidade do autocuidado, de autoria dos pesquisadores, em fase de validação e um questionário sociodemográfico e epidemiológico. Participaram deste estudo 40 idosos. Resultados: predominaram idosos do gênero feminino (77,5%), com idade entre 60 a 69 anos, vivendo em união civil estável, aposentados ou pensionistas com um salário-mínimo, com baixa escolaridade. À avaliação, 40,0% relataram um episódio de queda no último ano. Quanto à classificação da capacidade de autocuidado, 77,5 % foram classificados como independentes; 17,5 % com algum grau de dependência e 5,0 % como totalmente dependentes. Conclusão: os resultados apontaram que o idoso demonstra comportamento de busca de atendimentos na atenção secundária com a meta de aprender a desempenhar o autocuidado geral e terapêutico. O modo de intervenção da enfermagem utilizado neste nível de atenção, adotando o sistema de enfermagem proposto por Dorothea Orem, foi o de apoio-educação, sobressaindo-se as ações de orientação e ensino de autocuidado terapêutico...
To analyze the self-care capacity of elderly patients attended by nursing consultation in a multiprofessional ambulatory health care for the elderly people and raise the socio-demographic and epidemiological characteristics of this group. Methods: descriptive and exploratory study, applying a scale for the evaluation of self-care capacity, authored by researchers, currently undergoing validation and a socio-demographic and epidemiological questionnaire. The study included 40 elderly. Results: there was a predominance of female elderly (77.5%), aged 60-69 years, living in stable civil union, retirees or pensioners with a minimum wage, with low education. On the evaluation, 40.0% reported an episode of downfall in the last year. Regarding the classification of self-care capacity, 77.5% were classified as independent; 17.5% had some degree of dependence and 5.0% were totally dependent. Conclusion: the results indicate that the elderly shows seeking care behavior in secondary care with the goal of learning to develop the general and therapeutic self-care. The nursing intervention method used at this level of attention, adopting the nursing system proposed by Dorothea Orem, was the education-support, jutting out the actions of guidance and teaching of therapeutic self-care...
Analizar la capacidad de autocuidado de ancianos atendidos en la consulta de enfermería en un dispensario multiprofesional de atención a la salud del anciano y levantar las características sociodemográficas y epidemiológicas de este grupo poblacional. Método: estudio descriptivo y exploratorio con aplicación de una escala para la evaluación de la capacidad del autocuidado, de autoría de los investigadores, en fase de validación y um cuestionario sociodemográfico y epidemiológico. Participaron de este estudio 40 ancianos. Resultados: predominaron ancianos de género femenino (77.5%), com edades entre 60 y 69 años, viviendo em unión civil estable (concubinato), jubilados o pensionados com un salario mínimo, con baja escolaridad. A la evaluación, 40.0% relataron un episodio de caída em el último año. Encuanto a la clasificación de la capacidad de autocuidado, 77.5 % fueron clasificados como independientes; 17.5 % com algún grado de dependencia y 5.0 % como totalmente dependientes. Conclusión: los resultados señalaron que el anciano demuestra comportamiento de búsqueda de atendimientos em la atención secundaria com la meta de aprender a desempeñar el autocuidado general y terapéutico. El modo de intervención de la enfermería utilizado en este nivel de atención, adoptando el sistema de enfermería propuesto por Dorothea Orem, fue el de apoyo-educación, sobresaliéndose las acciones de orientación y enseñanza de autocuidado terapêutico...
Biblioteca responsável: BR1259.1