Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Tobacco cultivation in the Reconcavo Baiano:sociodemographic profile and workers’ health conditions / Cultivo do tabaco no Recôncavo Baiano: perfil sociodemográfico e condições de saúde dos trabalhadores

Mundo saúde (Impr.); 40(2): [239-248], maio, 23, 2016. tab, graf
Artigo em Português | MS | ID: mis-37822
Embora a fumicultura desempenhe grande relevância na economia do país, a qualidade da saúde dos trabalhadoresvem sendo questionada frente à utilização de agrotóxicos e a manipulação da folha úmida do tabaco. Dessa maneira,o presente estudo teve como objetivo conhecer o perfil sócio-demográfico de saúde e aspectos comportamentaisno ambiente laboral dos fumicultores no município do Recôncavo Baiano. O estudo teve um enfoque exploratório,descritivo do tipo experimental com abordagem de cunho quantitativo, tendo como população alvo os produtoresrurais afiliados na Associação de Fumicultores de Quixabeira, localizada no Município de Cabaceiras do Paraguaçu,Bahia. A aplicação do formulário para a coleta de dados da população foi realizada no período de abril a setembrode 2014. No estudo verificou-se a predominância do sexo feminino, média de idade de 46 anos, ensino fundamentalincompleto e que trabalham na cultura há mais de 20 anos. Com relação à utilização de agrotóxicos 54,54% utilizampiretróide (Decis25) associado a herbicida (Sempra). Apenas 18,18% dos entrevistados afirmaram não sentir sintomas, eos demais fumicultores relataram sentir dores no corpo (57,57%), dor de cabeça (33,36%) e cansaço (27,27%). Quantoà utilização de equipamentos de proteção individual 60,60% não faz uso em função do seu alto custo; e a destinaçãocorreta das embalagens de agrotóxicos é realizada por apenas 12,12% dos fumicultores. Constata-se no presente estudoque as condições de trabalho e as práticas realizadas diariamente pelos fumicultores os expõem a riscos ocupacionais.Portanto, é imprescindível que esses agricultores compreendam que a adesão aos equipamentos de proteção individuale destinação correta das embalagens podem prevenir problemas de saúde decorrentes da intoxicação ocupacionalproveniente da nicotina e dos agrotóxicos.(AU)
Biblioteca responsável: BR599.1