Your browser doesn't support javascript.

Portal de Búsqueda de la BVS

Información y Conocimiento para la Salud

Home > Búsqueda > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportación:

Exportar

Email
Adicionar mas contactos
| |

Mal-estar no parque humano: da crise do humanismo à biotecnologia

Nogueira Furtado, Rafael.
Nat. Hum. (Online); 21(1): 16, 2019.
Artículo en Portugués | Bivipsil | ID: psa-268
o artigo discute criticamente a tese de Peter Sloterdijk, segundo a qual a crise contemporânea do humanismo contribuiria para a emergência da biotecnologia como instrumento de formação humana. Este trabalho compreende duas etapas. Primeiramente, busca-se elucidar o papel do humanismo no processo civilizatório ocidental e os fatores envolvidos na crise identificada pelo autor. Trata-se de articular o pensamento de Sloterdijk aos escritos de Heidegger e Nietzsche, refletindo-se sobre a superação do humanismo, tal como abordada por estes filósofos. Por conseguinte, a segunda etapa do trabalho problematiza os efeitos antropogênicos da biotecnologia. Para isto, o pensamento de Sloterdijk será articulado a debates recentes sobre as implicações éticas do melhoramento humano. Espera-se, com este artigo, ponderar sobre as aplicações aceitáveis da biotecnologia

Asunto(s)

Psicoanálisis

Descriptores locales

Sociedade Brasileira de Psicanálise Winnicottiana; SBPW; SLOTERDIJK, PETER; HUMANISMO; TECNOLOGIA; BIOETICA.
Biblioteca responsable: UY116.1